Tamanho do texto

Depois de noticiar o acidente sofrido pelo jornalista, Sandra falou algumas palavras em sua homenagem e se emocional ao encerrar o “Jornal Hoje”

O dia foi de muitas emoções no jornalismo, conforme colegas e admiradores noticiavam a morte do jornalista Ricardo Boechat, vítima de um acidente de helicóptero. Sandra Annenberg, âncora do “Jornal Hoje” está inclusa nesse grupo e se emocionou ao comentar a morte do colega.

Sandra Annenberg se emociona ao falar sobre a morte do jornalista Ricardo Boechat no
Reprodução/Rede Globo
Sandra Annenberg se emociona ao falar sobre a morte do jornalista Ricardo Boechat no "Jornal Hoje"

Depois de noticiar o acidente, Sandra Annenberg encerrou o jornal visivelmente abalada e disse algumas poucas palavras em homenagem a Ricardo Boechat : “Foi um dos jornalistas mais talentosos do país, um colega extraordinário. Todos nós, seus companheiros, estamos consternados. A nossa solidariedade irrestrita à família”, declarou antes de encerrar o jornal.

Leia também: Com a morte de Ricardo Boechat, Brasil perde uma instituição da comunicação

Sandra não foi a única a se emocionar com o trágico acidente. O amigo e colega de emissora José Luiz Datena foi às lagrimas ao dar a notícia de sua morte durante a programação da emissora. O ex-jogador Neto, que estava no ar com o “Donos da Bola” quando Datena apareceu ao vivo, também não conseguiu segurar a emoção.

Um dos principais jornalistas brasileiros, Boechat foi homenageado por diversos colegas de profissão. José Simão, Mônica Bergamo, Miriam Leitão, Alexandre Garcia e Chico Pinheiro foram alguns profissionais que relembraram o jornalista.

Leia também: Icônico e querido, Ricardo Boechat deixou sua marca no jornalismo brasileiro

Datena foi às lágrimas ao anunciar a morte do colega durante programação ao vivo na Band
Reprodução/Band
Datena foi às lágrimas ao anunciar a morte do colega durante programação ao vivo na Band

A rádio BandNews FM , onde Boechat apresentava um programa matinal diário, chegou a ficar fora do ar por alguns minutos, em luto, apenas reproduzindo a notícia de sua morte.  

Ricardo Boechat tinha 66 anos e 40 de profissão. Ele viajava à São Paulo depois de participar de uma palestra em Campinas, interior do estado. O helicóptero caiu no acesso do Rodoanel à Rodovia dos Bandeirantes. Além dele, o piloto Ronaldo Quattrucci também não sobreviveu a queda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas