Tamanho do texto

Ao "Fantástico", Susana Vieira falou pela primeira vez sobre a leucemia e seus medos por conta da doença, que ela enfrenta há três anos; veja mais:

No último domingo (18), Susana Vieira deu entrevista ao " Fantástico " e falou pela primeira vez sobre sua luta contra a leucemia - tipo de câncer que ocorre na formação das células sanguíneas, dificultando a capacidade do organismo de combater infecções - doença descoberta por ela há cerca de três anos.

Leia também: Susana Vieira luta contra leucemia há três anos, afirma colunista

Susana Vieira fala pela primeira sobre leucemia
Reprodução/ Globo
Susana Vieira fala pela primeira sobre leucemia

De acordo com Susana Vieira , em  2016 ela foi orientada a procurar um especialista após um pré-operatório sair alterado, e assim foi diagnosticada com Leucemia Linfocítica Crônica. 

Leia também: Susana Vieira diz que leucemia não é novidade e que sua saúde está estabilizada

A atriz relembrou o momento da descoberta: "Primeira pergunta que fiz para o médico foi, 'Vou morrer quando?'. Ele disse, ' Você vai morrer sim, mas não necessariamente desta doença'. Segunda pergunta, 'Vou perder meu cabelo?'. Pode parecer vulgaridade, mas não é: a gente é mulher e morrerá mulher, e cabelo é tão importante que só nós sabemos".

A global foi tranquilizada pelo médico, que disse que ela conseguiria ter uma vida normal, que quimioterapia deveria ser feita apenas quando sua imunidade estivesse baixa.

"Eu estava gravando novela, e os médicos não sabem o que é isso. São 10 horas por dia de trabalho e com energia. Eu fiz a dona daquele morro [a personagem Adisabeba, da novela '" Regra do Jogo"] e um ano inteiro daquele programa que me divertia, o 'Vídeo Show'. Aquilo foi outra terapia. E depois fiz o seriado 'Os Dias Eram Assim', isso tudo com a doença", relatou Susana.

A descoberta do câncer fez com que a atriz criasse certos medos, e ao "Fantástico" ela fez questão de falar sobre eles: "Quando você fica doente, todos nós que somos produtivos, existe um medo de ficar dependente, de precisar de pessoas para te conduzir. Existe medo da solidão, do desemprego, existe a vergonha de você ficar doente. Tenho medo de morrer. Se a morte chegar, eu acho que vou esbofeteá-la". Tais motivos fizeram a atriz manter o diagnóstico em segredo durante esses anos.

Momento difícil

De acordo com ela, foi somente no final de 2017 que a ficha caiu de estar enfrentando um câncer. Tudo aconteceu na volta de Miami, EUA, para o Brasil, quando ela pegou um resfriado e passou a ter dificuldades em respirar. "Fiquei na CTI quase 10 dias. Tiveram que trocar minha fralda, porque eu não podia levantar. Quando eu me vi, tão exibida, vaidosa, dona de mim, tão 'Senhora do Destino', bailarina do teatro municipal, a Susana, com uma enfermeira tendo que trocar minha fralda, porque não podia me levantar, foi muito pesado. Aí bateu, aí que você vê que está doente", contou ela.

Leia também: De dar inveja! Aos 75 anos, Susana Vieira esbanja corpão e boa forma

A quimioterapia foi necessária assim que ela deixou o hospital. "Você acha que eu não boto megahair e fico com medo cada vez que cai um pedaço, já achando que é o mega junto com o meu cabelo?" , disse Susana Veira , que já tem planos para 2019: "Eu queria fazer o Natal aqui em casa com todo mundo, e acho que vai ter um Natal bem grande. E a Globo já me ofereceu trabalho e aceitei". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.