Tamanho do texto

Após ter seu programa adiado, Maisa se vê novamente no centro de uma boataria sobre possível migração para a Globo, mas seria uma boa para ela?

Marcado para estrear no segundo semestre de 2018, o programa de Maisa, que deve ser transmitido apenas para as plataformas digitais, foi adiado para 2019. Postergar a estreia da atração deu musculatura para a especulação de que a atriz estaria na geladeira do SBT .

Leia também: Em brincadeira da Globo, Maisa é barrada por Silvio Santos ao entrar na emissora

Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo
Divulgação
Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo

Com o hype dos longa-metragens que têm participado, entrevistas para a Rede Globo e os boatos de que a emissora estaria em conversações para um intercâmbio artístico, a saída de Maisa do Sistema Brasileiro de Televisão parece próxima.

Leia também: Rainha da internet! Provas de que Maisa é a it girl mais zoeira do momento

Maisa: a nova era

Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo
Divulgação
Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo

No auge da adolescência, a neta de Raul Gil conquistou um público maior com seu carisma. Protagonizando produções como “Tudo Por Um Popstar” e filmes da franquia “Carrossel”, ela vem se saindo bem, mas fazendo mais do mesmo: o papel de jovem que vive os típicos “White People Problem” - gíria utilizada para falar de obstáculos fúteis e fáceis.

A grande questão é: ela se sairia melhor na Rede Globo ? Levando em relação que os papéis rasos dados a artista vem da forte tradição de Silvio Santos em transmitir novelas infantis, na emissora vizinha, consagrada por sua teledramaturgia, a atriz poderia ser escalada para papéis mais dramáticos, profundos e que realmente exijam um real nível de técnica. Exemplos claros disto são Bruna Marquezine em “Mulheres Apaixonadas”, Klara Castanho em “Amor à Vida” e Mel Maia em “Avenida Brasil”.  

Tirando as rodinhas de Maisa

Maisa renderia mais que na Globo?
Divulgação
Maisa renderia mais que na Globo?

Descoberta por seu avô, a celeb, por ser uma criança, sempre esteve acompanhada da família. Seu pai, o Raulzinho, por exemplo, sempre sempre trabalhou nos bastidores de seus programas. No decorrer do tempo, a atriz também começou a fazer pontas no “Programa Silvio Santos ”, o que rendeu memes para web e uma proximidade com o chefe.

Mudar de “casa” significaria tirar as rodinhas da carreira da artista. Seria como ir a um lugar onde ela não teria “privilégios” e tivesse de construir os degraus de seu próprio legado - tudo isso sem o sistema de apoio com que conta desde sua infância.

A atriz fora de sua zona de conforto também significaria um voo solo - fora das asas de Silvio ou das abas de Raul Gil - do qual o público poderia gostar mais do que o esperado ou odiar, evidenciando a limitação artística da estrela teen.

Multiplataformas e audiência

Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo
Divulgação
Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo

Com um catálogo extenso de atrações musicais, culinárias e performáticas, a teen star teria na Rede Globo uma leque de opções para ampliar seus talentos. Com álbuns e singles lançados por selos renomados como a Universal, a atriz poderia voltar a explorar seus vocais. O último hit da personalidade, Nhenhenhem , foi lançado em 2015 e ficou no topo da parada 50 Viral Spotify.

O intercâmbio intelectual

Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo
Divulgação
Na geladeira do SBT, Maisa renderia mais na Globo

Leia também: Maisa se estabelece no cinema com protagonista: “estou apenas começando”

Por mais que Maisa tenha atuado apenas em produções infantis, é arrogância dizer que ela não adquiriu conhecimento nos sets de gravação. Porém, trabalhar com um elenco variado e legendário como o da Globo daria a atriz uma experiência única, que poderia, de uma forma, ou de outra, desenvolver melhor sua já prolífera faceta artística de celebridade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.