Tamanho do texto

A jornalista e apresentadora norte-americana deixou o programa "The Talk" após seu marido, Les Moonves, ter sido acusado de assédio por 12 mulheres

Julie Chen pediu demissão do programa " The Talk ", que apresentava com outras quatro mulheres, depois que seu marido deixou o posto de presidente da CBS por causa das acusações de assédio , feitas por 12 mulheres. De acordo com a CNN norte-americana, o anúncio da saída de Julie será feito no programa desta terça (18).

Julie Chen comanda o reality norte-americano
Divulgação
Julie Chen comanda o reality norte-americano "Big Brother" há 20 temporadas e apresentava o "The Talk"

Leia também: Denúncias de assédio sexual em Hollywood que já foram esquecidas

As notícias de acusações de assédio têm sido cada vez mais frequentes desde que os poderosos de Hollywood começaram a ser expostos pelas vítimas, algo que iniciou o movimento #MeToo. Dessa vez, o acusado foi o marido de Julie Chen , o produtor Les Moonves.

Outrora presidente da maior emissora de televisão dos Estados Unidos, a CBS , Moonves deixou o cargo depois de ter sido acusado por 12 mulheres. Diante da repercussão, Chen decidiu apoiar o marido, escolha que inclusive gerou controvérsias.

Julie Chen causa polêmica ao apoiar o marido sutilmente no "Big Brother"

Ao se despedir do público no
Reprodução
Ao se despedir do público no "Big Brother" dizendo "Eu sou Julie Chen Moonves", a apresentadora causou polêmica

Leia também: Estudo mostra que 94% das mulheres já sofrem assédio em Hollywood

Julie é conhecida por apresentar a versão norte-americana do "Big Brother" desde sua primeira temporada. O programa está atualmente em sua 20ª edição. A apresentadora tem o costume de entrevistar o eliminado da vez, e sua última entrevista causou controvérsia.

Isso porque, ao se despedir do público, Julie usou o seu nome completo ao invés do nome artístico, algo que nunca foi feito antes. A utilização do sobrenome Moonves durante a despedida foi entendido como uma maneira sutil de manifestar apoio ao marido em meio ao cenário atual.

O posicionamento de Julie trouxe uma reação negativa, como foi o caso do diretor Judd Apatow, que escreveu sobre isso: "O marido dela ameaçou pessoas, arruinou carreiras. Talvez o choque e o medo fizeram tanto mal que ela não está conseguindo ver as coisas com clareza ainda".

Leia também: Segundo publicação, Harvey Weinstein assumiu oferecer papéis em troca de sexo

Na estreia da nona temporada do "The Talk", que não contou com a presença de Julie Chen na roda de conversa, as apresentadoras comentaram sobre as acusações contra o ex-presidente da CBS. "Agora que outras sete denúncias apareceram, com histórias tão similares, com um padrão definido... Ele pode não ter sido condenado de nada, mas está claro para mim que esse homem tem um problema", comentou Sharon Osbourne.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.