Em entrevista para o “Luciana By Night”, que vai ao ar nesta terça-feira (17), Monique Evans abre o jogo e o coração sobre o seu relacionamento com a DJ Cacá Werneck, que também marca presença na atração.

Leia também: "Amor da minha vida": Cacá Werneck se declara para Monique Evans em rede social

undefined
Divulgação/RedeTV!
Monique Evans abre o jogo e o coração para Luciana Gimenez

No palco, a ex-modelo Monique Evans conta para Luciana Gimenez sobre o namoro de quase quatro anos com a DJ, que foi sua primeira e única relação homossexual . "Foi uma coisa que rolou, que não tem explicação, era para ser”, conta.

Leia também: Uau! Monique Evans mostra o bumbum em clique fazendo topless

Durante o papo, a mãe da atriz Bárbara Evans surpreende ao afirmar que não sente atração pela figura feminina, que Cacá foi a única exceção: “Eu não gosto de mulher, eu gosto só da Cacá", revela, e ainda afirma ter tido dúvidas sobre o que sentia no início. "Foi amor à primeira vista. Eu olhei, assim, e não queria acreditar no que estava sentindo. Pensei 'será que estou ensapatando?', e, no fim, descobri que estava", comenta de forma bem humorada.

O casal também aproveitou a entrevista para falar sobre ciúme, aceitação da família e Monique ainda comentou detalhes da intimidade, assumindo não ter coragem de usar brinquedos que apimentem a relação: “Comprei e fiquei pensando o que meus filhos iriam achar se eu morresse e eles fuçassem minhas coisas e achassem um vibrador enorme”, brinca a atriz.

Mais revelações de Monique Evans

undefined
Reprodução Instagram
Monique Evans e Cacá Werneck

A loira, que já foi capa de mais de 50 revistas ao longo da sua carreira, abriu o coração para a apresentadora da atração e revelou que sofreu ao deixar a carreira para trás: “Me senti um pouco chateada por não poder continuar fazendo o que gosto, mas estou vendo tanta gente fora [da televisão] e está meio difícil de ter um programa”.

Leia também: Desempregada, Monique Evans desabafa: "Fui contra o teste do sofá"

Longe dos holofotes, Monique Evans , de 61 anos, realiza um trabalho social para ajudar pessoas mais velhas a elevarem a autoestima e garante: “Está sendo muito bom para mim porque estou conhecendo um monte de gente diferente e me sentindo útil".

    Leia tudo sobre: Gay

    Veja Também

      Mostrar mais