Tamanho do texto

Novela das 19h não emplacou e Globo escalou o ator para mudar os rumos da trama. Veja outros folhetins que usaram do mesmo artifício

“Deus Salve o Rei” não tem agradado público e gera muitas críticas, seja pela história ou pelas atuações. Nos últimos meses a Globo tem investido em mudanças na trama, a começar por Bruna Marquezine, uma das mais criticadas.

Reprodução/Globo
"Deus Salve o Rei" não emplaca e Globo aposta em mudanças. Agora, Alexandre Borges vai entrar na novela

Sua atuação, tida como “robótica”, precisou mudar, mas foram necessárias intervenções maiores em “ Deus Salve o Rei ”, como mudanças no texto, foco nos protagonistas e até a intervenção de Ricardo Linhares na autoria de algumas cenas. José Fidalgo, um dos protagonistas da trama ao lado de Marquezine, também foi cortado de vez da novela.

Leia também: Violência e sexo provocam mudança na classificação etária de "Deus Salve o Rei"

Agora, a emissora aposta no nome de Alexandre Borges para dar novo rumo para a história. Ele entrará na trama como antagonista do mocinho Afonso (Rômulo Estrela), mexendo com a relação do príncipe com seu irmão Rodolfo (Johnny Massaro).

Além de “Deus Salve o Rei”

Fernanda Rodrigues entrou em
Divulgação/TV Globo
Fernanda Rodrigues entrou em "O Outro Lado do Paraíso", mas agora ela volta para a trama como a vilã Fabiana

Borges, porém, não é o primeiro ator a entrar no meio de uma trama para tentar reverter seu fracasso. Outra novela também no ar trouxe de volta uma personagem que faria apenas uma participação.

Querida pelo público e afastada das novelas para se dedicar a carreira de apresentadora, Fernanda Rodrigues fez a vilã Fabiana no começo da segunda fase de “O Outro Lado do Paraíso”. Os problemas na trama são muitos, mas trazer uma atriz que o público aprova ajudou, principalmente quando o mocinho foi transformado em vilão.

Eriberto Leão passou por uma situação similar: ele foi um dos escolhidos para tentar salvar “A Lei do Amor”. O ator entrou para o núcleo de Claudia Raia, que prometia comédia e embates políticos, mas acabou não convencendo. Ele aparece como possível par romântico para ela, mas também se torna um vilão.

Leia também: Bruna Marquezine vs. Marina Ruy Barbosa: quem dá mais audiência na Globo?

Já Carmo Dalla Vecchia tem experiência em entrar em tramas já começadas. Ele fez isso em “Cobras e Lagartos”, “Império” e “A Regra do Jogo”, sendo a última um fiasco de crítica. Como Cézar, ele entrou em uma trama paralela como um homem misterioso que acaba se envolvendo com uma amante. Perturbado, ele acabada cometendo suicídio.

Por fim, Juliana Paes foi escolhida para “chacoalhar” a segunda metade de “O Astro”, que não segurou a audiência como a primeira. Saídos do sucesso “Caminho das Índias”, onde formaram um casal, Paes e Rodrigo Lombardi voltaram a contracenar no remake da Globo, aproveitando a boa repercussão de seu relacionamento nas telas.

Leia também: A arte deve tentar ajudar a entender nossa realidade política, diz Bia Arantes

Nem sempre essas alterações dão certo, e Alexandre Borges pode ser apenas uma participação especial em “ Deus Salve o Rei ”, sem efeito na trama. Mas sua entrada, considerando que os nomes de Marina Ruy Barbosa, Tatá Werneck e Marquezine vem decepcionando, pode dar novos rumos a trama.