Josué foi adotado por Sarah Poncio e Jonathan Couto
Reprodução/Instagram
Josué foi adotado por Sarah Poncio e Jonathan Couto


Tia biológica de Josué, adotado por  Sarah Poncio e Jonathan Couto, disse que tem provas para tirar a guarda de Mirelly Costa, mãe biológica do menino. A criança foi devolvida a mãe por uma solicitação da guarda antes da conclusão oficial do processo de adoção. 

Cyntia Cyndel, tia de Josué, fez críticas a Mirelly nos stories do Instagram. "Levanta a mão pro céu e dá graças a Deus, tá? Porque eu não fui na delegacia e tô caladinha aqui. No dia que eu resolver ir à delegacia dar parte de você, com todas as provas que eu tenho, eu consigo tirar a guarda de você, tá bom?", disse.

"Ainda não me desceu essa história de ela falar que não entregou a criança pra adoção, que deu pra mim só pra vir passar uns dias no Rio de Janeiro. Não entendi essa parte dela aí não. Mas eu tenho como provar", continuou Cyntia. Ela também disse que Mirelly não completou o calendário de vacinação de Josué. 

"A 'mãezona', com um filho de quase 1 ano de idade, com apenas uma vacina tomada. Que mãezona é essa?", questionou. Josué deixou a casa dos Pôncio nesta terça-feira (14) e chegou ao Ceará, onde irá ficar com a mãe biológica. 

A família Poncio se despediu de Josué no aeroporto. O patriarca, o Pastor Márcio Poncio, usou o perfil no Instagram para se despedir. "Vai, meu amor, e cumpra o seu propósito. Te demos amor, carinho e proteção, mas sem esquecer que representávamos um amor maior, o amor e o cuidado do Pai na sua vidinha. Que Ele agora decida sobre o seu destino, que Ele te abençoe e te dê paz, prosperidade, saúde e te conduza no caminho Dele onde nos encontraremos em breve. Eu te amo, meu netinho, vou te amar para sempre. Que o senhor te abençoe e te guarde, que Ele faça resplandecer a luz do seu rosto sobre a sua vida, que o Senhor te abençoe e te dê a paz", começou o Pastor. "Que dor insuportável. Mais um neto que perco mesmo estando vivo. Eu te amo, meu filho, te amo com todas as minhas forças", disse.

Leia Também


Gabi Brandt, tia adotiva, também lamentou no Instagram. "Deus sabe de todas as coisas, e Ele vai cuidar de você, pequeno! Obrigada por tanta alegria que você nos trouxe", disse.


Entenda o caso

No começo de 2020, Sarah e Jonathan Couto anunciaram nas redes sociais que adotaram o pequeno Lorenzo, sobrinho da babá da família Poncio, que segundo ela, vivia em uma situação precária com a família. Durante a adaptação judicial, o casal decidiu mudar o nome da criança para Josué, um dos guerreiros de Israel na Bíblia. 

“Quando a Cyntia [babá] falou sobre a situação da criança, Deus tocou o meu coração, e me ofereci para adotá-lo. Toda família está muito feliz com a chegada de Lorenzo. Ele é um anjo enviado para nós”, declarou Sarah Poncio nas redes sociais. 

Em setembro de 2020, a mãe biológica da criança pediu para reaver a guarda. Ela alega que não tinha a intenção de doar a criança e teria autorizado apenas uma viagem com a tia, para ela cuidar, não para ser adotado por outra família. Agora a Justiça deu ganho de causa para a mãe biológica, que diz que está psicologicamente abalada pela falta do filho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários