Marcos Harter é acusado de agressão e perseguição
Reprodução/Instagram
Marcos Harter é acusado de agressão e perseguição


Ex-participante expulso do BBB 17, o cirurgião plástico Marcos Harter  foi denunciado por ameaça e perseguição a uma mulher funcionária de um hospital em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, capital do Mato Grosso. A vítima teria sido ameaçada por prestar depoimento em processo movido por uma amiga dela contra Marcos. 


Segundo o site FolhaMax, a denunciante afirmou no boletim de ocorrência que Marcos arrombou o armário dela no hospital, pegou os pertences pessoais, colocou em um saco de lixo e escondeu dentro do porta-malas de um carro. Logo depois, Marcos voltou ao hospital e intimidou a vítima com uma 'ombrada'. 

O depoimento também conta que o episódio foi registrado por câmeras de segurança do hospital. A Polícia Civil abriu inquérito e investiga o caso. Marcos já teve o nome relacionado a outros eventos violentos envolvendo mulheres, como na expulsão do BBB 17, por agredir Emily, vencedora da edição do reality. 

Uma discussão entre Marcos e Emily causou polêmica na época após a sister reclamar que estava sendo machucada por ele. Após a repercussão nas redes sociais, a Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá registrou uma ocorrência de agressão contra o brother. Ele foi expulso após a Globo verificar indícios de agressões contra Emily.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários