Ronaldinho Gaúcho, que foi diagnosticado com Covid-19 recentemente , foi para Belo Horizonte no fim de semana por conta de um evento profissional. Segundo informação do colunista Lucas Pasin, do Yahoo, o jogador aproveitou a viagem para se reaproximar de Priscilla Coelho, ex-mulher que conduz um processo contra ele, incluindo uma denúncia de agressão física.


ronaldinho gaúcho e priscilla coelho
Reprodução
Ronaldinho Gaúcho e Priscilla Coelho

Priscilla confirmou que ela e o ex-marido vem trocando mensagens desde que Ronaldinho estava preso no Paraguai, mas que apesar de estarem "a caminho de uma reconciliação", a mineira mantém os processos correndo na Justiça.

“Temos conversado por telefone, Whatsapp, vídeo. É uma forma sim de tentar fazer as pazes. Encheram muito a cabeça dele sobre mim, e também falaram muita coisa na minha cabeça. Pensava que ele me odiava, mas vi que não. Não temos uma inimizade, pelo contrário, tivemos uma história”, declarou a moça para o portal.

Apesar disso, Priscilla garantiu que ela e o ex-fenômeno ainda não se encontraram pessoalmente. “A última vez que falamos, esse fim de semana que ele esteve em BH, ele me falou ‘Até breve’. Ele está com covid agora, não daria para encontrar. Da última vez que ele esteve aqui eu estava com covid, também não deu. Não sei o que acontecerá no futuro. O importante é que não temos raiva um do outro.”

Quando perguntada se passaria por cima de tudo que aconteceu entre eles e perdoar Ronaldinho, a mineira afirmou que acredita que o ex-marido tenha mudado, que fez até algumas músicas para ela e que, no fim, ela só quer viver em paz e que por enquanto está satisfeita com a relação de amizade.

    Veja Também

      Mostrar mais