O ex-ator de "Malhação", da Rede Globo , Maxwell Nascimento , de 31 anos, disse que precisou recorrer ao auxílio emergencial de R$ 600 oferecido pelo governo federal para conseguir sustentar a família durante esse período de isolamento social.

Leia também: Ex-atriz da Globo que viveu Narizinho pede auxilio emergencial para pagar contas

Maxwell Nascimento
Reprodução/Instagram e Globo
Maxwell Nascimento


Leia também: "Disseram que morreu por minha causa", lamenta Claudia Raia sobre ex-babá

"Como todo mundo sabe, eu não tive oportunidade na TV ainda e perante a tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo, por conta do coronavírus, eu não tive como trabalhar no carrinho de pastel do meu pai. Então, eu tive que recorrer ao auxílio (emergencial) porque eu tenho família e tenho contas para pagar. Eu espero que todo mundo entenda", disse o ex-ator da Globo ao quadro "A Hora da Venenosa", do "Balanco Geral", da Record, nesta sexta-feira (29).

Leia também: Afiliada da Globo corta salários e demite repórter veterana

De acordo com a jornalista Fabiola Reipert, atualmente, Maxwell trabalha com o pai vendendo patéis e como manobrista, em Santos, no litoral de São Paulo. Em 2007, ele interpretava Pedro, par romântico de Nathalia Dill, em " Malhação ".

    Veja Também

      Mostrar mais