Tamanho do texto

Ex-vocalista do Queen pediu para que loja entregasse presentes de Natal para pessoas próximas e felizardos recebem mimos até os dias de hoje

Parece que, mesmo 28 anos após sua morte, Freddie Mercury, ex-vocalista do Queen, ainda se faz presente na vida de seus amigos e afilhados. Isso porque, de acordo com o porta-voz da loja Fortnum & Mason, de Londres, entes queridos do cantor ganham presentes todos os anos em nome do astro.

Leia também: Michael Jackson vai ganhar filme biográfico do produtor de ‘Bohemian Rhapsody’

Freddie Mercury arrow-options
Divulgação
Freddie Mercury


Em seu testamento, Freddie Mercury pediu que o estabelecimento enviasse uma cesta de Natal, todos os anos, para uma lista de pessoas próximas à ele, que inclui seus afilhados e amigos queridos. A conta é paga pela herança do artista.

Leia também: Freddie Mercury parou de tomar remédios 2 semanas antes de morrer

"Nós acreditamos que é um gesto adorável, o que sabemos que acontece nessa época do ano (o Natal)", disse o porta-voz da loja, em uma entrevista pra o jornal MailOnline. Vale lembrar que o astro do Queen , em vida, era conhecido também por ser uma pessoa muito generosa e que adorava dar presentes para seus amigos.

Elton John, inclusive, destacou a característica do colega em sua autobiografia, "Eu". "Na manhã de Natal, Tony King (amigo de Freddie) apareceu e me deu uma fronha. Como você leu no livro, meu nome de drag é Sharon e Freddie era Melina. Na linha fronha havia uma pintura em aquarela", contou.

Leia também: Freddie Mercury tirou sarro de Michael Jackson por ele ter dormido no chão

"Na nota que acompanhava, dizia: 'Querida Sharon, vi isso em um leilão e pensei que você ia adorar. Amo você, Melina'", revelou. "Ele estava morrendo e ainda pensava nos amigos. Ainda tenho a fronha ao lado da minha cama. Esse é o tipo de pessoa que ele era. Freddie Mercury era tão cheio de amor e vida", relembrou.