Tamanho do texto

Vencedora do Prêmio Multishow, Ludmilla compartilhou que foi chamada de "macaca" na premiação e Anitta deixou as desavenças de lado e a defendeu

O conflito envolvendo Ludmilla e Anitta por conta da música Onda Diferente foi deixado um pouco de lado. Isso porque, a poderosa saiu em defesa da vencedora da categoria Melhor Cantora do Prêmio Multishow, após ela divulgar que foi chamada de “macaca” por uma pessoa da plateia na hora em que foi receber o prêmio.

Leia também: Ludmilla afirma que foi chamada de "macaca" durante "Prêmio Multishow"

Ludmilla e Anitta arrow-options
Reprodução/Instagram
Ludmilla e Anitta se desentenderam por conta de Onda Diferente


O caso de racismo ganhou repercussão e foi comentado no programa “A Tarde É Sua”, da RedeTV! , e o jornalista Felipe Campos  insinuou que Anitta estimulou as vaias para Ludmilla no prêmio e disse que ela deveria “tomar uns remedinhos e dormir eternamente”.

Leia também: Vaiada por fãs de Anitta, Ludmilla é eleita cantora do ano no Prêmio Multishow

A cantora, que apresentou o prêmio ao lado de Paulo Gustavo, saiu em defesa de Ludmilla. “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, escreveu no Twitter.

Anitta também aproveitou para rebater o jornalista: “Inacreditável uma pessoa receber visibilidade pública em TV aberta para dizer que alguém deveria tomar um remédio e dormir para sempre. As pessoas precisam urgente de senso e de responsabilidade”.


No Instagram, Ludmilla compartilhou um vídeo do momento e escreveu o seguinte: “Cara até quando isso?? Olhas coisas pra maioria dos brasileiros nunca foram fáceis, e com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas, a vontade de me diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos”.

Leia também: Ludmilla fala sobre perdão e internautas acham que é indireta para Anitta

A cantora continuou: “Eu só queria deixar bem claro pra vocês racistas que além da justiça ser lenta aqui e as pessoas que praticam racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ele tá longe disso, ainda bem que eu tenho um Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas, a cobrança de vocês uma hora vai chegar”.

    Leia tudo sobre: Anitta