Tamanho do texto

O Serviço Secreto teria interrogado o rapper em uma "visita" em janeiro de 2018 de uma forma pacífica e sem ameaças

O rapper Eminem foi interrogado pelo Serviço Secreto americano por causa de alguns versos da música Framed , que citam Donald Trump e a sa filha, Ivanka.

Eminem se envolveu em diversas polêmicas ao longo da carreira arrow-options
SERJÃO CARVALHO/ESTADÃO CONTEÚDO 12.03.16
Eminem se envolveu em diversas polêmicas ao longo da carreira


Leia também: Pai de Eminem, que tinha relação conturbada com rapper, morre aos 67 anos

O interrogatório aconteceu em janeiro de 2018, mas foi comprovado recentemente por documentos oficiais obtidos pelo site Buzzfeed . Eminem já relatava ter recebido uma "visita" do Serviço Secreto na canção The ringer , lançada no ano passado.

Leia também: Novo affair? Drake segue Anitta e web shippa casal

Alguns dos versos de Framed , faixa do álbum "Revival" (2017), dizem: "Como Ivanka Trump está no meu porta malas? / Me sinto responsável pela loira burrinha / Garota, aquele bastão jogado no lago / Segundo assassinato sem lembrança".

De acordo com a documentação, o interrogatório foi encerrado de forma "pacífica", e os agentes concluíram que Eminem não representava ameaça à segurança do presidente ou do país.

Leia também: Eminem: relembre as maiores polêmicas da carreira do rapper

O encontro foi motivado pela ligação de um "cidadão preocupado" com "comentários inapropriados feitos por Eminem , ao presidente Donald Trump, e contendo ameaças a Ivanka Trump". O cidadão, no caso, era um repórter do site TMZ .

    Leia tudo sobre: Donald Trump