O humorista inglês John Oliver participou do evento PEN America Gala na última terça-feira (21) e aproveitou seu bom humor para se referir e ironizar Anne Hathaway. Em público ele fez questão de relembrar a época em que a imagem da atriz estava "manchada".

Leia também: HBO é bloqueada na China depois de comparar presidente com Ursinho Pooh

John Oliver e Anne Hathaway
Divulgação
John Oliver e Anne Hathaway

John Oliver começou o discurso dizendo que as coisas estão difíceis nos últimos tempos, mas que acredita em uma solução para melhorar: "Nós estaremos bem quando a América voltar a odiar Anne Hathaway ", declarou.

Leia também: John Oliver critica Bolsonaro e comenta eleições no Brasil: “ainda há esperança”

Para justificar sua fala, ele relembrou o ano de 2011, quando ela foi criticada por sua apresentação do Oscar, dizendo: "Na metade da presidência de Obama, eu estava mais bravo com Anne do que com qualquer outro ser humano. Isso é realmente importante: ela nunca fez nada de errado. Lembra quando ela apresentou o Oscar e foi extremamente forçada?". 

Depois de criticar a apresentação da atriz no Oscar, ele disse que a imagem de Anne melhorou depois que ela recebeu o troféu da premiação e parecia genuinamente humilde com a conquista. "Isso só tornou as coisas muito piores ”, ressaltou ele, explicando que a partir de então ela voltou a agradar o público.

Leia também: Anne Hathaway desabafa sobre Oscar e revela fingir estar feliz na cerimônia

John Oliver não parou por aí e ainda enfatizou que quase foi atropelado pela atriz.  “Eu juro, foi Anne. Ela olhou para mim, acenou e sorriu, e eu me lembro claramente de pensar: Po** Anne! Ela é absolutamente a pior!", brincou.

    Veja Também

      Mostrar mais