Tamanho do texto

Ela foi acusada de usar fotos feitas por um paparazzo sem os devidos créditos

O nome de Ariana Grande agora está envolvido em um processo. De acordo com o site espanhol 20 Minutos , a cantora foi acusada por um paparazzo, Robert Barbera, de usar as imagens dela feitas por ele sem os devidos créditos.

Leia também: Ariana Grande é processada, site erra nome e cantora tira sarro

Ariana Grande
Reprodução/ Instagram
Ariana Grande

As fotos em questão foram publicadas no Instagram de Ariana Grande em 2017 para promover o álbum, "Sweetener".

Leia também: Ariana Grande contraria versão de produtor sobre desistência de show no Grammy

Segundo o Buzzfeed News , Robert Barbera garante que, além de não ter creditado as imagens no Instagram, a  cantora também não tinha os direitos para usá-las em sua rede social.

Leia também: Deus é Ariana Grande: cantora transforma problemas em hits e amadurecer

O site ainda diz que o paparazzo processou Ariana Grande e está pedindo cerca de R$ 100,3 mil por cada imagem. Depois da polêmica, a cantora resolveu deletar tais fotos de seu feed.

    Leia tudo sobre: Instagram