Tamanho do texto

Após evidências de que o ator teria forjado próprio ataque, Smollett teve cenas cortadas na série. Segundo o TMZ, o elenco está finalizando a gravação da 5ª temporada e ele está tendo um número menor de gravações

No último dia 29 de janeiro, Jussie Smollett, o ator da série “Empire”, disse que teria sido vítima de uma agressão por questões homofóbicas e racistas. Depois das investigações da polícia terem tomado novos rumos e apontar que ele poderia ter forjado as agressões, a série teve cenas editadas ou completamente cortadas.

Jussie Smollett teve cenas cortadas na gravação do penúltimo episódio da série
Reprodução/Instagram
Jussie Smollett teve cenas cortadas na gravação do penúltimo episódio da série "Empire"


Segundo o TMZ , o caso de Jussie Smollett já está correndo na justiça americana e  a polícia deseja apresentar novas evidências que podem fazer com que ele seja investigado como contratante da agressão e não como vítima, como vinha sendo até o momento.

Ainda de acordo com o portal americano, o elenco de "Empire"  está finalizando as gravações da temporada e Jussie teria nove cenas com um grande número musical, mas depois das especulações, nem todas serão gravadas. Cinco das cenas em que Smollett aparecia foram cortadas e as outras quatro foram reescritas de uma forma em que ele não fosse o foco.

A cena do número musical foi totalmente cortada e os roteiristas da série, que já está em sua quinta temporada, estariam trabalhando 24 horas por dia para fazer os ajustes necessários. O ator está tendo um número menor de gravações e também não tem mais ensaiado com o resto do elenco.

Reações sobre o caso

Cardi B. fala sobre as alegações contra Jussie Smollett
Reprodução/Instagram
Cardi B. fala sobre as alegações contra Jussie Smollett


No Twitter algumas personalidades se pronunciaram sobre o caso e começaram a usar a hashtag “JussieSmolletHoax (Boatos de Jussie Smollet)”. "Audição interessante de inimigos de Trump que estão 'desapontados' que a história de crimes de ódio de Jussie é falsa. Eles prefeririam acreditar que os partidários de Trump, com laços, patrulham as ruas à noite para encontrar, espancar e enforcar os inimigos pretos e gays de Trump”, declarou o radialista e advogado americano, Larry Elder.

"Dois docinhos", disse James Woods, ator de “Era uma vez na América”, compartilhando a foto que falava sobre o caso de Smollett. A tradução do que teria sido escrito na foto é: "O ator Billy Eichner disse que queria que Trump e seus seguidores 'queimassem no inferno', apesar de não haver evidências na época para sustentar as alegações de Smollett". 


A rapper, Cardi B, também falou sobre o assunto durante um vídeo ao vivo e disse que ficará triste caso as alegações contra Smollett sejam verdadeiras. “Estou realmente decepcionada com ele. Sinto que ele ferrou o Mês da História Negra, cara”.

Leia também: Ativista LGBTQ, Ellen Page investe na persona de polemista para promover agenda

O caso Jussie Smollett

Jussie Smollett
Divulgação
Jussie Smollett


Depois de sair para comer na madrugada do dia 29 de janeiro,  Jussie deu entrada no hospital de Chicago com hematomas e afirmou ter sido agredido por dois homens usando bonés escrito "Maga" ou "Make America Great Again", que é o lema da campanha do presidente americano Donald Trump. Esses dois homens o enforcavam e socavam enquanto gritavam ofensas raciais e homofóbicas.

Desde a última segunda-feira (18) a polícia não trata mais Jussie como vítima, mas como suspeito de ter forjado a própria agressão, após o interrogatório dos irmãos Abel e Ola Osunada. Eles contaram à polícia de Chicago que o conheciam da academia e que ele teria pagado os irmãos para forjar o crime. Ele também teria indicado onde os irmãos Osunada poderiam inclusive comprar a corda que foi enrolada em seu pescoço.

Depois de falarem com a polícia, os irmãos Osunada liberaram um comunicado dizendo que não eram homofóbicos ou racistas e que também não eram opositores de Trump. Ainda segundo o TMZ  , há três possíveis motivações para Smollett ter forjado o ataque: porque seu personagem estaria saindo da série, para se promover ou devido à carta com ameaças que recebeu não ter tido a devida atenção. A polícia procurou Jussie Smollett para ouvir sua versão sobre o rumo que o caso está tomando e assim, facilitar as investigações, mas não obteve um retorno.