Tamanho do texto

Na última terça-feira (12), Valesca Popozuda foi alvo de críticas por publicar vídeos ao lado de Agustin Fernandez e se defendeu na web

Na última terça-feira (12),  Valesca Popozuda se tornou o assunto mais comentado no Twitter. Acontece que a funkeira compartilhou uma série de vídeos com o maquiador Agustin Fernandez, que é conhecido por ser gay e apoiar o presidente Jair Bolsonaro.

Valesca Popozuda se pronuncia depois de receber críticas dos seus fãs por ser amiga de Agustin Fernandez.
Reprodução/Instagram
Valesca Popozuda se pronuncia depois de receber críticas dos seus fãs por ser amiga de Agustin Fernandez.

Depois de ter mostrado maquiagens e marcado o maquiador, Valesca “ganhou” alguns fãs criaram uma hashtag no Twitter  , "RIPValesca", para criticar a atitude da funkeira. Seus seguidores ficaram indignados e segundo o comentário de um deles, Valesca estava “dando palco para um LGBT hipócrita que desvaloriza a luta da classe”.

Mesmo a maioria dos internautas tendo criticado a atitude da cantora, alguns fãs defenderam a amizade dela com Agustin Fernandez . Toda essa repercussão fez com que Valesca Popozuda se pronunciasse sobre o assunto e começasse a responder alguns comentários.


“Agustin não é seu amigo e isso ficou provado agora com essa exposição e passada de pano desnecessárias. Ele só quis ganhar mais mídia e sabe que vai ferrar sua carreira junto”, um seguidor alertou Valesca. Um tempo depois, veio sua resposta: “Vocês estão no direito de vocês de protestarem ou não aceitarem nada de ninguém! Mas que fique só uma coisa muito clara! Eu jamais virei ou vou virar as costas para a 'classe Gay'! Até porque, antes de qualquer coisa láááá atrás, na época que ninguém levantava bandeira, eu levantei”. Em resposta a outra seguidora, ela deixou claro que não iria abandonar a classe LGBTQ+: “Minha opinião e posição, ninguém muda! Nunca vou mudar minha posição a favor dos LGBTs”.

Leia também: Valesca Popozuda e ex-BBB Luiz Felipe fazem barraco nas redes sociais

No seu perfil do Instagram, a loira usou a ferramenta de Stories para falar sobre o ocorrido, pedir desculpas e união de todos. “Estou aqui para pedir desculpas para vocês. Se eu magoei, se eu ofendi alguém. Minha intenção sempre foi levar felicidade e amor pra vocês com a minha música”.

A funkeira ainda reforçou o que havia falado em resposta a alguns seguidores: “Eu sempre levantei essa bandeira, porque eu acredito no amor, acredito em todas as formas do amor e mesmo que a comunidade vire as costas pra mim, eu vou continuar lutando contra qualquer tipo de preconceito. Então assim, já temos tantos problemas hoje em dia. A gente tá vendo que a vida é um sopro, vamos nos unir com a música e eu estou aqui com meu coração aberto, mais uma vez, pedindo desculpas pra vocês”.

Leia também: Agustin Fernandez brinca com Pabllo Vittar após eleição: "Boa viagem"

A repercussão da hashtag criada terça-feira (12), ainda está deixando vestígios nos comentários em seu perfil. Depois de compartilhar uma imagem que fala que o STF vai votar nessa quarta-feira (13) sobre a criminalização da LGBTfobia, alguns seguidores perguntaram o que o amigo dela achava disso: “E aí, @ValescaOficial perguntou a opinião do seu amigo* Agustín sobre isso? Não é ele que falou que gay não precisa disso porque ele não faz parte do movimento LGBT porque vive em sociedade???”.

É claro que ao receber esse comentário, Valesca Popozuda respondeu: “Nunca perguntei opinião de ninguém até porque sempre defendi porque eu mesma acredito na causa! Então se você está preocupado com opinião de alguém faça você mesmo a pergunta! As minhas escolhas sempre foram muito claras e de opinião própria! #ECrimeSim”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas