Tamanho do texto

De acordo com a atriz, seu amigo foi espancado por homofóbicos, sofreu fraturas e agora está internado no hospital; veja o desabafo completo

Em suas redes sociais, Monica Iozzi desabafa frequentemente, principalmente sobre política. A atriz usou sua página do Facebook na noite da última quinta-feira (25) para falar novamente sobre o assunto e também revelar que um amigo por agredido por homofóbicos. 

Leia também: Mano Brown faz discurso crítico ao PT durante comício de Haddad e é vaiado

Monica Iozzi desabafa nas redes sociais sobre política e amigo agredido por homofóbicos
Reprodução/Facebook
Monica Iozzi desabafa nas redes sociais sobre política e amigo agredido por homofóbicos


"Um amigo foi violentamente espancado por um homem que se intitulava apoiador do Jair Bolsonaro . Esse meu amigo está internado, sofreu fraturas, vai ter de passar por cirurgia e deve ficar muito tempo no hospital. Ficou realmente muito machucado", disse ela sobre a agressão, sem revelar o nome do amigo. Monica Iozzi desabafa dois dias antes das eleições.

"Sim, o Brasil é o pais que mais mata LGBTs no mundo, mas a gente está vendo essa onda de violência nesses últimos dias e de pessoas que dizem claramente que estão dizendo aquilo porque apoiam a postura deste candidato. Isso não é fake news. Muita coisa não é fake news. Basta pesquisar", completou a atriz.

Leia também: Monica Iozzi ironiza decisão de Sérgio Moro em post no Instagram

Um seguidor até chegou a ironizar e perguntou o que o rapaz estava fazendo para ser agredido.  "Ele estava apenas caminhando na rua, a caminho de casa, com uma sacola com compras do mercado. O homem achou que ele era gay e o espancou. Mas às vezes me esqueço que muita gente tenta culpar a vítima, né? Sinto pena do senhor...", respondeu.

Veja o vídeo completo:


Leia também: Monica Iozzi vai em casamento sem maquiagem ganha elogio de namorado: "Tá linda"

É possível ver que Mônica Iozzi desabafa em meio a lágrimas enquanto fala de ser voto em Fernando Haddad. "Não sejamos ingênuos. O seu ódio ao PT não é justificativa para colocar nossa democracia em risco. É o governo que vem do povo e feito para o povo. Bolsonaro já disse que aos adversários dele ele deseja cadeia ou exílio. Isso não é democracia", finaliza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.