Tamanho do texto

Disputando vagas para deputados estaduais e federais, muitos não conseguiram uma quantidade suficiente para se elegerem nas eleições 2018

Muitas celebridades, que inclusive ganharam fama ao participarem de reality shows, tentaram ingressar na política brasileira através das Eleições 2018 que ocorrerão neste domingo (07). No entanto, a grande maioria fracassou nas urnas e viraram famosos derrotados nas eleições.

Leia também:Rick, da dupla com Renner, questiona urnas eletrônicas: "Corja desgraçada"

Famosos derrotados nas eleições: ex-BBBs lideram a fila de rejeição
Montagem por reprodução
Famosos derrotados nas eleições: ex-BBBs lideram a fila de rejeição

Disputando vagas para deputados estaduais e federais, muitos ex-BBBs não conseguiram uma quantidade suficiente para se elegerem e engrossaram a lista de famosos derrotados nas eleições.  Um dos piores resultados foi para a advogada Adélia Soares, participante da 16ª edição do “BBB”. Disputando uma vaga de deputada federal pelo Patriota, em São Paulo, a ex-sister teve somente 709 votos.

Leia também:Angélica enfrenta fila de mais de uma hora para votar no Rio 

Já Ilmar Mamão, do “BBB17”, concorreu ao cargo de deputado federal pelo PT no Mato Grosso do Sul, mas também não teve um bom resultado. Mamão teve apenas 9.476 dos votos. Outra ex-BBB que fracassou foi a cientista política Mara Telles, do "BBB18”, que disputava uma vaga como deputada estadual pelo PCdoB em Minas Gerais e conquistou nas urnas apenas 4.602 votos.

O médico Marcos Harter é outro exemplo disso. Conhecido por ter participado do “Big Brother Brasil”, em 2017, e da "Fazenda", no mesmo ano, Harter se candidatou como deputado federal pelo PSC no Mato Grosso. Apesar de ter sido o ex-BBB que conseguiu uma quantidade maior de votos, não foi o suficiente para elegê-lo. Ele amealhou 16.305 votos.

Já como representante da “Fazenda”, Renata Banhara, que esteve na quarta edição do programa, tentou conseguir um lugar como deputada federal pelo PRB em São Paulo, mas conquistou somente 12.434 votos.

Entre os fazendeiros que tentaram virar políticos ainda está Joana Machado, também participante de quarta edição do reality, que teve um resultado pior ainda. A carioca que disputava uma vaga como deputada estadual pelo MDB, no Rio de Janeiro, teve 1.673 votos.

Já o cirurgião plástico Dr. Rey, conhecido por muitos como "Doutor Hollywood", foi mais um que disputava como deputado federal em São Paulo, mas não se elegeu. O médico conseguiu um pouco mais de 13 mil votos. O cantor Frank Aguiar, concorreu para o Senado no Piauí, através do PRB, mas acabou ficando em 5º na disputa. Ele teve apenas 5,04% dos votos válidos.

Quem também não conseguiu sucesso foi Léo Áquilla, que concorria deputada federal em São Paulo. Ao todo, a trans conseguiu em torno de 6,5 mil votos. O ex-jogador de futebol, Marcelinho Carioca, que teve cerca de 28 mil votos, também não conseguiu se eleger a deputado estadual em São Paulo.

Leia também:Fernanda Gentil posa com a camisa do Brasil e manda recado em dia de eleições

Além dos famosos derrotados nas eleições

Jean Wyllys
Reprodução
Jean Wyllys

Apesar dos ex-BBBs liderarem a lista dos fracassados nas eleições 2018, dois deles aparentemente se deram bem neste cenário. Jean Wyllys, que se tornou conhecido por ter sido o ganhador da quinta edição do programa Big Brother Brasil. Eleito pela primeira vez em 2010 para um mandato de deputado federal pelo Partido Socialismo e Liberdade do Rio de Janeiro, o candidato do PSOL conseguiu ingressar em seu terceiro mandato como deputado federal com 24.295 votos.

Outro candidato que se destacou e não se tornou totalmente um dos famosos derrotados nas eleições foi o campeão do "BBB15", Cézar Lima, que disputou uma vaga como deputado federal pelo PV, no Paraná. Cézar conquistou 31.202 votos, que apesar de não ter sido um número insuficiente para elegê-lo de imediato, o deixou na posição de suplente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.