Tamanho do texto

Considerados celebridades digitais, com o sucesso, os influenciadores começaram a pregar um estilo de vida. No entanto, a falta de originalidade, entre outros quesitos estão fazendo alguns deles os mais chatos da internet

Todo mundo sabe o que é um influencer, e algumas pessoas até querem se tornar um. No entanto, como a linha tênue entre o conhecimento e a arrogância, existe um limite delicado entre um influenciador chato e uma figura digital de carisma.

Leia também: Ativismo digital e mercado maduro tiram relevância de youtubers e influencers

Quem são os influencers chatos?
Divulgação
Quem são os influencers chatos?

Com mosaicos do Instagram repletos de propagandas, ou melhor, publicações pagas mal elaboradas e vídeos, feitos a partir da ferramento stories, que nada mais contêm que uma rotina monótona ou um personagem plastificado, a era dos influencers chatos chegou e os seguidores já estão desesperados.

Leia também: Whindersson Nunes, Fla Pavanelli e outros dão dicas de como se tornar influencer

Pensando na avalanche de chorume tóxico compartilhado pelas personalidades digitais da atualidade e por suas características nada naturais, resolvemos compilar alguns dos mais chatos em um lista mal-humorada, um tanto irreverente, porém, necessária.

Niina Secrets e os (supostos) ghost fãs

Quem são os influencers chatos?
Divulgação
Quem são os influencers chatos?

Conhecida por seu blogueirismo, a influencer ganhou notoriedade por seus dotes com maquiagem. Tendo como referência a it girl Camila Coelho, que se tornou um ícone da moda, a personalidade da web acabou caindo no mesmismo ao se lançar na vida da linguagem afetada e dos jogos pouco estimulantes em seu canal do Youtube.

Como se isso não fosse suficiente, a bomba de Chernobyl de Niina ainda cai por terra. Após uma análise, é possível conferir que muitas das publicações, mesmo a produtora de conteúdo tendo três milhões de seguidores, alcançam a margem baixa de 50 mil likes. O que levanta um questionamento: estaria a girly-gram envolvida com ghost followers?

Gabriela Pugliesi e a língua maior que a boca

Quem são os influencers chatos?
Divulgação
Quem são os influencers chatos?

Diferente de Niina, Gabriela se destacou no ramo da influência por sua sequência de treinos, supostamente, milagrosa. Com quase, quatro milhões de seguidores no Instagram, é notável que Pugliesi sabe administrar o mosaico de sua rede social para não afogar seus admiradores em publicações pagas.

No entanto, a persona já chamou muita atenção por seus posicionamentos polêmicos. Exemplo disto foi quando a mesma sugeriu em sua rede que quando as pessoas sentissem vontade de comer chocolate e não quisessem sair da dieta, elas deveriam “colocar o doce na boca, sentir o gosto e cuspir”. Claramente, não demorou muito para a medida ser repreendida por especialistas nutrição e condicionamento e treinamento físico.

Tata Estaniecki está de mãos dadas com o inimigo

Quem são os influencers chatos?
Divulgação
Quem são os influencers chatos?

Tá difícil de lembrar? Tata ganhou notoriedade ao entrar em um relacionamento sério com o polêmico youtuber Julio Cocielo. Em pouco tempo, de uma mera pessoa comum, a jovem se tornou uma pessoa pública com três milhões de seguidores em sua rede social.

Sempre fazendo publicações de sua rotina, a maioria post pago, a vida do casal se tornou menos interessante para o público, menos ainda para os anunciantes, quando começou a caça às bruxas devido a uns tweets antigos de Julio Cocielo trazidos à superfície. Acusado de racismo e homofobia, o namorado de Tata perdeu credibilidade e contratos de publicidade.  

Hugo Gloss é a bomba de Chernobyl

Quem são os influencers chatos?
Divulgação
Quem são os influencers chatos?

Formado em jornalismo , Hugo Gloss criou a alcunha para alavancar seu blog de notícias de celebridades. Sempre anônimo, o monstro ficou maior que seu criador rapidamente. Poucos conheciam a verdadeira identidade de quem estava por trás de textos coloquiais que traziam informação de maneira humorada.

No entanto, a partir do momento em que sua identidade foi revelada, o blogueiro apenas decaiu. Mesmo não abusando do publi-post e Gloss deixou o verdadeiro jornalismo em seu site declinar, chegando a compartilhar especulações, alfinetadas sem pé nem cabeça e mais.

A forçação de barra e excessivos comentários de opiniões também começaram a estragar a página do influencer. E claro, não podemos esquecer do “Recebidos da Semana”, que não agrega em nada.

Boca Rosa e o faça o que eu mando, não o que eu faço

Bianca Andrade a última dos influencers chatos
Reprodução Instagram
Bianca Andrade a última dos influencers chatos

Batizada com nome de Bianca Andrade, a Boca Rosa se auto define como “maquiadora, digital influencer, carioca e toda estabanada”, e dessa citação não temos o que contestar.

Porém, como muitos colegas de ofício, Bianca abusa da linguagem plastificada e dos detalhes de sua rotina diária em casa. 

Além disso, há algum tempo, ela  revelou, nos bastidores de um programa de rádio, sem saber que estava ao vivo no Facebook, que havia feito uma lipoaspiração em janeiro. Sempre pregando que as pessoas deveriam viver à base de comidas saudáveis e naturais, os fãs de Bianca começaram a questioná-la nas redes. E com razão.

Leia também: It Girls: o termo que reinventou as digital influencers

Após um sumiço de dias a fio, a última dos influencers chatos retornou ao Instagram e publicou um longo desabafo, contendo um pedido de desculpas a todos, pela confusão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.