Tamanho do texto

Segundo o Daily Mail, a disputa entre Angelina Jolie e Brad Pitt tem despesas judiciais altíssimas e pode durar mais que o período do casamento

Angelina Jolie e Brad Pitt desceram do céu ao inferno! O casamento entre as estrelas hollywoodianas era invejado por muitos, porém, agora está cercado de polêmica e brigas desde a separação, em 2016. De acordo com o site Daily Mail , as despesas judiciais do divórcio pode durar mais que o período do casamento, oficilizado em 2014. 

Leia também:  Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar pensão aos filhos após separação

Divórcio entre Angelina Jolie e Brad Pitt já custou cerca de R$ 20 milhões
Reprodução/Twitter
Divórcio entre Angelina Jolie e Brad Pitt já custou cerca de R$ 20 milhões


Juntos desde 2005, Angelina Jolie e Brad Pitt se casaram oficialmente em 2014, mas anunciaram a separação dois anos mais tarde. De acordo com informações da publicação,  o divórcio entre as estrelas já custou mais de US$ 5 milhões, o equivalente a cerca de 20 milhões de reais. 

“Eles não conseguem concordar em nada”, afirmou uma fonte, revelando também que a atriz estpa empenhada em ter  a guarda plena dos seis filhos e limitar ao máximo o contato de Pitt com as crianças.

Leia também: Angelina Jolie pode perder a guarda dos filhos se não cumprir ordens de juiz

Brad Pitt e Angelina Jolie ao lado dos filhos
Reprodução
Brad Pitt e Angelina Jolie ao lado dos filhos

Ainda de acordo com o jornal britânico, a estrela estaria dificultanto a relação do pai com os filhos do casal. Fontes relataram que os juízes do divórcio emitiram um comunicado contra Jolie por "não permitir que as crianças interajam adequadamente com o pai". Até então, o astro de "O Clube da Luta" (1999) tem acesso irrestrito a seus filhos, nos quais a sua ex-esposa não pode monitorar. 

Leia também: Doença, divórcio e superação: Angelina Jolie abre o jogo em nova entrevista

Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar pensão

Em outro momento, Jolie também acusa Pitt de não pagar a pensão que eles haviam combinado. Segundo documentos obtidos pela NBC News  , representado por Samantha Bley DeJean, advogada da celebridade, conta que o Pitt não cumpriu com o acordo após a separação. “Pitt tem a obrigação de pagar pensão. Desde a separação, ele não pagou uma pensão significativa para os filhos”. 

Os documentos não exemplificam o que a defesa da atriz entende por 'pensão significativa', porém afirma que Angelina Jolie pretende dar entrada em um pedido de cobrança de pensão . “Dado que o acerto informal sobre os gastos das crianças não foi honrado por Pitt em mais de um ano e maio, Angelina pretende pedir uma cobrança retroativa de pensão”. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.