Tamanho do texto

Segundo informações da People, o quadro clínico de Demi Lovato após overdose está melhor graças ao apoio da família e do ex-namorado

Depois ficar seis anos sóbria, Demi Lovato teve uma recaída e foi internada na última terça-feira (24) após suspeita de overdose de heroína. Internada há cinco dias, o quadro clínico da cantora segue apresentado melhoras devido ao apoio da família e do ex-namorado, o ator Wilmer Valderrama . De acordo informações do portal People , a família de Demi está fazendo tudo o que for possível para interná-la o quanto antes na reabilitação. 

Leia também: O que se sabe até agora sobre a nova recaída da cantora Demi Lovato?

Segundo a revista People, Demi Lovato está se recuperando ao lado da família e com o apoio do ex-namorado, o ator Wilmer Valderrama
Reprodução/Instagram
Segundo a revista People, Demi Lovato está se recuperando ao lado da família e com o apoio do ex-namorado, o ator Wilmer Valderrama


De acordo com uma fonte da People , Demi Lovato , que está internada no hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, “está descansando e melhorando”. A fonte também contou que além do apoio da mãe Dianna De La Garza e da família, quem está dando muita força para que a cantora siga em frente é seu ex-namorado, o ator Wilmer Valderrama. “Toda a família dela e Wilmer estão lá para ajudá-la na recuperação”, disse.

A fonte afirmou que o ator visitou a ex todos os dias no hospital e tem passado horas com ela. “Ele parece muito preocupado com ela”, completou. Também revelou que Wilmer “sabia que Demi estava passando por um momento complicado, mas não esperava uma coisa dessas”.

Leia também: Socorro eficiente a Demi Lovato evitou tragédia: "Ela poderia ter morrido"

Desabafo da mãe de Demi Lovato 

Sobre a relação da mãe com o vício da filha, uma fonte da People, disse que Dianna sabia da luta da filha contra as drogas, mas sentia que não podia fazer nada em relação a isso pois tinha zero poder sobre a filha e  Demi conseguia tudo o que queria.  “A mãe de Demi era como uma escrava para ela. Demi conseguia o que ela quisesse. Mesmo quando tinha 16 anos, ela falava: ‘eu estou pagando as contas desta casa, esta casa é minha'”, revelou.

Leia também: Demi Lovato havia comemorado seis anos de sobriedade, mas teve uma nova recaída

Em seu livro, "Falling with Wings", Dianna contou como era relação com a filha: Toda noite, eu colocava o despertador para 2h da manhã. Se ela não estava em casa, ligava até que ela entrasse pela porta da frente. O que você fala para sua filha quando ela é quem está pagando a maioria das contas?”, escreveu. 

Nova internação

Família de Demi Lovato quer que a artista siga para uma clínica de reabilitação após levar alta do hospital
Reprodução/Instagram
Família de Demi Lovato quer que a artista siga para uma clínica de reabilitação após levar alta do hospital

Em outro publicação da revista, a família da artista está fazendo tudo o que for possível para interná-la o quanto antes na reabilitação. “Eles estão determinados a isso. Já procuraram algumas opções”, disse outra pessoa que supostamente é próxima da família.

A ideia seria de que, assim que Demi Lovato recebesse alta do hospital, ela fosse levada diretamente para uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. “Depois de uma overdose, é recomendado que a pessoa vá direto para a rehab”, disse. A fonte contou também que agora a cantora pode receber alta assim que se sentir pronta para isso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas