Tamanho do texto

Segundo informações do site TMZ, a acusação de assédio sexual contra Jamie Foxx prescreveu e o ator não irá mais a julgamento

Acusado de assédio sexual e agressão por uma mulher em um caso que teria acontecido em 2002, em Las Vegas, nos Estados Unidos, a denúncia contra Jamie Foxx foi arquivada e o ator não será processado. Segundo a acusação, o ator teria tentado com que uma moça fizesse sexo oral sem o seu consentimento e também teria batido com o pênis em seu rosto.

Leia também: Jamie Foxx larga entrevista ao vivo para não falar de relação com Katie Holmes

Jamie Foxx foi acusado por uma mulher de esfregar o sua pênis no seu rosto e obriga-la a fazer sexo oral
Divulgação
Jamie Foxx foi acusado por uma mulher de esfregar o sua pênis no seu rosto e obriga-la a fazer sexo oral



Na ocasião, a mulher (que não quis ser identificada) também teria sido expulsa da casa por um amigo de Jamie Foxx e acabou indo parar no hospital no dia seguinte para buscar tratamento por uma severa crise de pânico. Para ela, o movimento #MeToo inspirou para que finalmente reportasse o caso à polícia e, segundo a publicação, ela quer o incidente registrado caso outros acusadores se apresentem. Na época , o ator recebeu o Oscar de Melhor Ator por interpretar o pianista Ray Charles no filme "Ray" (2004). 

Segundo o site TMZ , as investigações foram encerradas pois teriam prescrito e o ator  não será investigado criminalmente. 

Leia também: Jamie Foxx é acusado de agredir mulher utilizando seu pênis

Jamie Foxx se defende 

Jamie Foxx é acusado de agredir mulher com próprio pênis
Reprodução
Jamie Foxx é acusado de agredir mulher com próprio pênis

Após a denúncia ganhar destaque na mídia em junho desse ano, o ator se pronunciou, afirmando que o caso era uma “mentira absurda” e que ele vai atrás da acusadora legalmente. O advogado de Foxx afirmou ao TMZ que “Jamie nega enfaticamente que esse incidente tenha ocorrido e ele estará arquivando um relatório com o Departamendo de Polícia de Las Vegas contra a mulher por registrar um falso relatório policial contra ele”.

Leia também: Assumidos! Katie Holmes e Jamie Foxx aparecem de mãos dadas na praia

"O suposto incidente não foi relatado à polícia em 2002 ou em qualquer outro momento nos últimos 16 anos até a última sexta-feira (08 de junho) porque o incidente nunca aconteceu", acrescentou o advogado de Jamie Foxx sobre a acusação. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.