Tamanho do texto

Jim Carrey escapa de julgamento sobre a morte da ex-namorada Cathriona White. Relembre o histórico do tumultuado caso envolvendo o ator

O ator Jim Carrey ("O Show de Truman", "Todo Poderoso") não irá a julgamento no processo sobre a morte de sua ex-namorada Cathriona White, segundo o The Hollywood Reporter .  Jim Carrey foi acusado pelo marido de White, Mark Burton e sua mãe, Brigid Sweetman, por sua morte em 2015, causada por uma overdose de dorgas. 

Leia também: Ex-namorada de Jim Carrey o culpa em mensagens suicidas: "Sangue em suas mãos"

NETFLIX/Reprodução
"Jim & Andy: The Great Beyond – Featuring A Very Special, Contractually Obligated Mention of Tony Clifton"

A família de White entrou na justiça contra Jim Carrey  alegando que sua mulher cometeu suicídio por ficar "perturbada psicologicamente" após contrair doenças sexualmente transmissíveis do ator. Após as acusações, o ator apresentou provas contra as acusações, alegando que o processo era uma tentativa de extorquir e acabar com sua imagem. Carrey também disse que sua ex-namorada White forjou testes para comprovar que estava com alguma doença. 

Leia também: Jim Carrey pode ser julgado pela morte de ex-namorada

Recentemente, o advogado de Jim Carrey, Raymond Boucher, pediu para que o tribunal apresentasse os resultados dos testes de DST de Cathriona White. Boucher comparou os documentos do tribunal com alguns testes de White, em 2011, e chegou a conclusão que os documentos apresentados pela ex-namorada de Jim eram falsificados. 

Cathriona White com Jim Carey na praia em Malibu, nos EUA
Fame Flynet USA/The Grosby Group)
Cathriona White com Jim Carey na praia em Malibu, nos EUA

Um representante de Jim Carrey afirmou que a Justiça indicou no último dia 25 de janeiro que o caso não irá a julgamento e que o ator está ansioso para continuar sua vida. Michael Avenatti, advogado de Sweetman e Burton disseram que não tinham mais nenhum comentário nesse momento.  

Leia também: Realismo fantástico de Del Toro provoca encantamento em “A Forma da Água”

Jim Carrey sobre a morte de White

Cathriona White morreu em setembro de 2015 e Jim Carrey ficou profundamente triste. Em comunicado oficial, Jim disse: "Estou chocado e profundamente triste com o falecimento da minha doce Cathriona. Ela era uma flor irlandesa verdadeiramente gentil e delicada, muito sensível para este solo, para quem amar e ser amado era tudo o que importava. Meu coração vai para sua família e amigos e para todos aqueles que amavam e se preocupavam com ela".  Jim Carrey e Cathriona White se conheceram em 2012 e namoram por alguns meses. 

Leia também: Jim Carrey prepara contra-ataque judicial a ex-sogra que o acusa de homicídio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas