Tamanho do texto

O diretor teria estuprado um jovem de 17 anos em 2003. Entretanto, esta não foi a primeira vez que o cineasta se viu no meio de polêmicas; confira

As denúncias em Hollwyood não param. Desta vez, foi o diretor da franquia de “ X-Men ” que foi alvo de acusações de estupro. Segundo informações da Variety , Bryan Singer está sendo processado pelo estupro de uma adolescente de 17 anos. O caso teria ocorrido em 2003 quando Cesar Sanchez-Gusman teria sido forçado a fazer sexo oral no diretor, além de ter recebido sexo oral e anal à força. Apesar da alegação, diretor nega acusações.

Bryan Singer foi acusado de estuprar um jovem de 17 anos em 2003
Reprodução
Bryan Singer foi acusado de estuprar um jovem de 17 anos em 2003

Leia também: Melanie Martinez é acusada de abuso sexual por outra amiga: "Eu cedi"

De acordo com publicação no site de fofocas TMZ , o advogado de Bryan Singer afirma que o cineasta se defenderá até o fim. “Quando Sanchez-Guzman atestou falência apenas alguns anos atrás, ele não esclareceu este caso quando deveria ter identificado todas as suas posses, mas convenientemente agora que o caso de falência o liberou das dívidas, ele consegue se lembrar do caso”, comentou. “O advogado por trás deste processo é o mesmo que representou Michael Egan, o condenado que processou Bryan Singer em 2014. No fim, Egan foi forçado a deixar o caso, quando os fatos de sua história simplesmente não se encaixavam, completou o jurista, relembrando do caso de Egan que também denunciou Singer e foi preso um ano depois por fraude financeiro.

Leia também: Demitido após acusações de estupro, Danny Masterson critica postura da Netflix

Bryan Singer teria ao jovem que ajudaria ele em sua carreira caso o jovem não revelasse nada sobre o ocorrido. O processo contra o diretor, por sua vez, foi revelado há poucos dias depois de sua demissão do longa “Bohemian Rhapsody”, cinebiografia da banda Queen. De acordo com o diretor, o afastamento foi por conta de problemas familiares, mas há rumores que o motivo tenha sido conflitos com o protagonista Rami Malek.

Leia também: Caso de estupro de menor por Sylvester Stallone foi abafado nos anos 80

Não é a primeira vez

Entretanto, esta não é a primeira vez que o diretor de “X-Men” se vê envolvendo em polêmicas. O cineasta já possui um histórico de acusações, tendo sido o primeiro caso ocorrido durante as gravações de “O Aprendiz” (1998), quando Bryan Singer teria pedido a menores de idade que participassem nus de uma cena nos chuveiros da escola. Alunos da Escola de Artes Cinematográficas do Sul da Califórnia chegaram a criar uma petição online para tirar o nome do diretor da Divisão de Cinema e Estudos Midiáticos por conta das suas atitudes. A mesma escola chegou a recusar recentemente uma doação de Harvey Weinstein por conta das acusações de assédio sexual e estupro do produtor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.