Tamanho do texto

O produtor ficou sob os holofotes na última semana por conta de denúncias de assédio sexual e estupro que emergiram de várias atrizes em Hollywood

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas , conhecida por promover anualmente a premiação do Oscar , premiando diversos profissionais da sétima arte, divulgou neste sábado (14) a expulsão do cineasta Harvey Weinstein. O profissional ficou sob os holofotes na última semana por conta de acusações de assédio sexual e estupro que teria cometido contra as suas colegas de Hollywood.

Harvey Weinstein é expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
Reprodução
Harvey Weinstein é expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas


Leia também: George Clooney é acusado de acobertar caso de assédio sexual

Segundo o Hollywood Reporter , o conselho de governadores da Academia – que contem 54 membros, entre eles Steven Spielberg, Tom Hanks, Whoopi Goldberg e Kathleen Kennedy – realizou uma reunião emergencial na sede da organização em Bervely Hills durante esta manhã e votou para retirar a assinatura de adesão à organização de de Havery Weinstein . Após a reunião, a Academia ainda emitiu uma nota afirmando que o conselho teria votado “para imediatamente expulsá-lo da Academia. Nós fazemos isso não simplesmente para nos separar de alguém que não merece o respeito de seus colegas, mas também enviar uma mensagem de que a era da ignorância intencional e da cumplicidade vergonhosa no comportamento sexualmente predatório e no assédio ao local de trabalho em nossa indústria acabou".

Leia também: Depois de Weinstein e Affleck, Oliver Stone também é acusado de assédio sexual

Weinstein já havia participado ativamente das atividades da Academia nos últimos anos e recebeu diversos prêmios da organização, tendo sido a pessoa a receber o Oscar de Melhor Filme na vitória de “Shakespeare Apaixonado” em 1999. A Academia ainda ressaltou que "o que está em causa aqui é um problema profundamente preocupante que não tem lugar na nossa sociedade. O conselho continua a trabalhar para estabelecer padrões éticos de conduta que todos os membros da Academia esperam exemplificar”.

Leia também: Ben Affleck comenta denúncias contra produtor e fãs relembram assédio do ator

Reflexos das denúncias

Não foi só a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas que se mobilizou para avaliar a situação de Harvey Weinstein na sétima arte. O produtor também está enfrentando uma possível expulsão da Guilda de Produtores da América (PGA), cujo conselho se reúne na próxima segunda-feira (16) para votar no status de Weinstein na organização. Vale lembrar que no início da semana a Academia Britânica de Artes do Cinema e da Televisão (BAFTA) suspendeu relações com o produtor.