Tamanho do texto

A atriz resgatou caso de violência doméstica cometida por Kadu moliterno no passado; em vídeo na internet, Luana Piovani relembra momento em que foi agredida por seu então noivo, o ator Dado Dolabella no ano de 2008

Depois de se sentir caluniado pelas falas de Luana Piovani em seu canal do Youtube, “Luana Sem Freios”, o ator Kadu Moliterno entrou com um processo contra a apresentadora na 7º vara cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A ação movida pelo ator e seu advogado, Jonas Tadeu Nunes, exige uma indenização por danos morais causados por Luana após acusações de violência doméstica feitas contra o ator.

Leia também: Kadu Moliterno reage a comentário de Luana Piovani: "inconsequência"

Luana Piovani é alvo de ação judicial movida pelo ator Kadu Moliterno por danos morais após vídeo polêmico
Divulgação
Luana Piovani é alvo de ação judicial movida pelo ator Kadu Moliterno por danos morais após vídeo polêmico

Entenda o caso

Depois do caso de assédio sexual cometido pelo ator José Mayer contra uma figurinista da Globo – que decidiu afastá-lo da emissora por conta das graves acusações – diversas artistas decidiram que não ficariam caladas sobre o assunto. Uma delas foi Luana Piovani que, através do seu canal no Youtube, comentou as denúncias e aproveitando o tópico fez um gancho para incidentes do passado envolvendo o ator Kadu Moliterno – que já foi acusado duas vezes de abuso doméstico .

Leia também: Luana Piovani ironiza campanha após assédio de José Mayer: "Fiquei sozinha"

Processo movido por Kadu Moliterno contra Luana Piovani
Reprodução/Tribunal de Justiça RJ
Processo movido por Kadu Moliterno contra Luana Piovani


“Kadu Moliterno , que já foi meu par, bateu na esposa, ela foi capa da revista Veja com a manchete: 'Não foi a primeira vez' e não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas para as revistas de celebridades”, comentou a atriz durante o vídeo em seu canal. Kadu se defendeu através de sua assessoria e rebateu “Lamento profundamente a atitude de minha colega, totalmente desnecessária e desprovida de legitimidade, trazer um assunto acontecido há 12 anos atrás e resolvido nos termos legais é passível de processo. [...] Estou muito triste, pois essa inconsequência atingiu toda minha família, esposa e amigos!”. Procurando uma retratação, o ator entrou com ação judicial contra a atriz por danos morais na 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Volta por cima

Em um Live em seu canal do Youtube em que responde perguntas dos seus seguidores, Luana Piovani aproveitou para comentar o caso de agressão doméstica que sofreu do ator Dado Dolabella quando eram noivos. Durante uma briga do casal em 2008, Dado partiu para cima da atriz e, segundo relata no vídeo, lhe deu um tapa no rosto e machucou seriamente os braços da camareira Ismê que tentou defende-la do ator.

Leia também: Globo reage à comoção social e sinaliza maior atenção a episódios de machismo


“Ele me agrediu, sim, fisicamente. Tanto que ele foi processado. Só que na Ismê (de Souza, a camareira, de 70 anos), a agressão dela foi considerada grave. Ela ficou com os dois antebraços engessados. No meu caso, foi uma bifa gigante na fuça mesmo, na cara. E me machucou os braços, porque me apertou. Mas eu não deixei de trabalhar. Só fiquei usando um casaquinho para conter a vergonha dos braços. O tapa não machucou. A minha foi uma agressão considerada leve, a da Ismê foi grave”, relembrou Luana Piovani  no vídeo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.