Um manifesto com assinaturas de 512 artistas foi divulgado neste sábado (9) em repúdio à polêmica entrevista que a secretária especial da Cultura, Regina Duarte, deu a um canal de TV na última semana. Durante seu depoimento ao vivo, a atriz fez pouco caso das mortes ocorridas durante a ditadura militar, afirmou que a pandemia de Covid-19 “trouxe muita morbidez" e ainda citou ditadores genocidas como Hitler e Stálin.

Leia também: Felipe Neto cobra ações de famosos: "Quem se cala perante o fascismo é fascista"

Regina Duarte e Bolsonaro
Reprodução Instagram
Regina Duarte e Bolsonaro


Leia também: Regina Duarte se irrita com Maetê Proença em entrevista: "Não foi combinado!"

“Como artistas, intelectuais e produtores culturais, formamos a maioria que repudia as palavras e as atitudes de Regina Duarte como Secretária de Cultura. Ela não nos representa”, diz trecho da carta, que também teve como signatários Chico Buarque, Malu Mader, Caetano Veloso, Luis Fernando Verissimo, Paulo Betti, Renata Sorrah, Miguel Falabella, Cauã Reymond, Fafá de Belém, Antonio Prata e Fábio Porchat, entre outros.

Logo após a entrevista ter ido ao ar, na quinta-feira (7), diversos artistas já haviam criticado Regina em seus canais nas redes sociais. “"A secretária de cultura reapareceu nervosinha e áspera, como seu chefe faz, boa aluna, não?”, postou Zélia Duncan em sua conta no Twitter.

A seguir, leia a íntegra do manifesto, assinado nesta sexta:

“Somos artistas brasileiros e fazemos parte da maioria de cidadãs e cidadãos que defende a democracia e apoia a independência das instituições para fazer valer a Constituição de 1988.

Fazemos parte da maioria que entende a gravidade do momento que estamos vivendo e pedimos respeito aos mortos e àqueles que lutam pela própria sobrevivência no país devastado pela pandemia e pela nefasta ineficiência do poder público.

Fazemos parte da maioria de brasileiros que não tolera os crimes cometidos por qualquer governo, que repudia a corrupção e a tortura e que não deseja a volta da ditadura militar .

Leia também: Maetê Proença nega puxão de orelha em Regina Duarte: "Mal-entendido"

Fazemos parte da maioria que não aceita os ataques reiterados à arte, à ciência e à imprensa, e que não admite a destruição do setor cultural ou qualquer ameaça à liberdade de expressão .

Como artistas, intelectuais e produtores culturais, formamos a maioria que repudia as palavras e as atitudes de Regina Duarte como Secretária de Cultura. Ela não nos representa.”

    Veja Também

      Mostrar mais