Cerca de 300 pessoas que participavam de um festival de música no Panamá estão presas no evento, impedidas de voltar para suas casas. O imbróglio aconteceu após o governo fechar as fronteiras para conter a propagação do novo coronavírus. 

Leia também: Brasil ganha primeiro prêmio no Festival de Berlim com "Meu nome é Bagdá"

Imagem de divulgação do festival de música arrow-options
Reprodução Instagram
Imagem de divulgação do festival de música

Leia também: "Festival Eu Fico em Casa" une artistas para pedir quarentena ao público

A grande maioria das pessoas continuará presa local do evento, que acontecia próximo a Playa Chiquita, pelo menos até a próxima segunda-feira (23). Batizado de Tribal Gathering, o festival de música começou no dia 29 de fevereiro e tinha programação até 15 de março. 

Leia também: Festival Verão Sem Censura leva 45 atrações gratuitas a vários pontos de SP

Em entrevista ao site da BBC , a DJ Katie Hughes, que trabalhava no festival de música eletrônica e psytrance, disse que o governo chegou a fornecer transporte para resgatar o público, porém a medida foi interrompida após uma pessoa ser identificada com suspeita de coronavírus . A DJ disse ainda que cidadãos de várias nações, como Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e França, estão presos no local.

    Leia tudo sobre: músicas

    Veja Também

      Mostrar mais