Tamanho do texto

Eduardo Fauzi Richard Cerquise publicou vídeo no Youtube nesta quarta-feira e citou Fábio Porchat e Gregório Duvivier

Procurado pela Polícia Civil pelo ataque à sede da produtora do Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi Richard Cerquise, de 41 anos, publicou na tarde desta quarta-feira (1) um vídeo no YouTube.  Ele critica o especial de Natal "A Primeira Tentação de Cristo" exibido pela  Netflix .  O homem, que está foragido, chama os humoristas de criminosos.

Leia também: Suspeito por ataque à produtora Porta dos Fundos agrediu político em 2013

O especial de natal arrow-options
Divulgação
O especial de natal "A Primeira Tentação de Cristo" do Porta dos Fundos




Leia também: Após ataque a produtora do "Porta dos Fundos", polícia cumpre mandado de prisão

Embora não comente o ataque com coquetéis molotov, Fauzi chama os integrantes do Porta dos Fundos de “criminosos, marginais, bandidos”.   O suspeito cita nominalmente Gregório Duvivier e Fábio Porchat. “Eles não fazem o vídeo por dinheiro, fazem por maldade. É maldade o que eles têm no coração. É vontade de limpar os pés em cima daquilo que o povo acha mais sagrado”, afirma. 

O suspeito  diz ainda: "Quem fala mal de Cristo prega contra o povo brasileiro. Eu sou guardador de veículos, sou brasileiro. Me coloque em suas orações.”, pede ao fim.  Não é possível saber quando o vídeo foi feito. Confira abaixo. 

Leia também: Produtora do Porta dos Fundos sofre ataque no Rio de Janeiro