Tamanho do texto

Kelly Bachman participou de um evento em Nova York e, notando Harvey Weinstein na plateia, resolveu falar sobre o assunto e foi vaiada

Harvey Weinstein se tornou “persona non grata” em Hollywood após os inúmeros casos de estupro e assédio sexual que foram revelados nos últimos anos. Mas, parece que o banimento do produtor foi temporário, e ele esteve recentemente em um evento em Nova York, causando furor entre os convidados.

Leia também: Acusado de assédio e estupro, Harvey Weinstein contrata mulher para defendê-lo

montagem harvey weinstein kelly bachman arrow-options
Reprodução
Harvey Weinstein apareceu em evento de atores e comediante criticou o produtor acusado de estupro

O “Actor’s Hour”, que acontece em locais diferentes ao longo do ano, teve uma edição que contou com a presença de Harvey Weinstein na plateia. Quando chegou a vez da comediante Kelly Bachman se apresentar, ela decidiu falar sobre a presença do produtor, e foi ovacionada e vaiada pela plateia.

“Preciso falar sobre o elefante na sala”, começou Kelly. “Não sabia que precisávamos trazer spray de pimenta e apitos nesse tipo de evento”. Ela começou a ser vaiada e ainda ouviu de um integrante da plateia que ela devia “calar a boca”. Ao contrário, Bachman continuou, em uma atitude aplaudida por outras mulheres no local.

Leia também: Harvey Weinstein enfrentará ação civil por violar leis contra o tráfico sexual

A humorista ainda falou que ela mesma era uma sobrevivente de estupro, e em nome de mulheres que passaram pela mesma situação, xingou Weinstein. Mas a história não parou por aí. Depois de ser vaiada, quando o evento foi para um intervalo, ela e uma amiga foram até a mesa onde o produtor estava e o confrontaram diretamente: “você é um monstro e deveria desaparecer”, disse a amiga de Bachman, Amber Rollo. Por conta disso, elas foram expulsas do bar.

Ao Washington Post , um representante de Weinstein disse que a cena causada por Bachman e Rollo “não era necessária”, alegando que as acusações contra o produtor “não são condenações”.

Entenda o caso

O nome de Harvey Weinstein, um dos produtores mais poderosos de Hollywood, tomou conta do New York Times em 2017, depois que jornalistas reuniram relatos de dezenas de mulheres o acusando de diversos tipos de assédio, até estupro. Desde então, mais de 80 mulheres já relataram abusos do magnata do cinema.

Leia também: Depois de acusações de assédio, Harvey Weinstein é expulso da Academia do Oscar

Nomes como Angelina Jolie, Lupita Nyong’o, Rose McGowan, Gwyneth Paltrow, Ashley Judd, Kate Beckinsale, Cara Delevigne e Eva Green são algumas das atrizes que relataram casos de abuso de Harvey Weinstein . Desde as acusações ele tem vive de maneira reclusa, e tem uma audiência marcada para janeiro de 2020 ele tem uma audiência referente a uma acusação de estupro. Se condenado, ele pode pegar prisão perpétua.