Tamanho do texto

O ator de "GoT" está dispostos a acabar com a fama de "morto", já que praticamente todos seus personagens morrem nas tramas; entenda

Com um vasto currículo na dramaturgia, incluindo "Game of Thrones" e "Senhor dos Anéis", Sean Bean é famoso por encanar mais de 25 mortes durante sua carreira. Não é à toa que em 2014, o público usou as redes sociais para levantar uma campanha para não o matarem mais. Apesar de parecer cômico para alguns, o ator está decidido a acabar com este marco.

Leia também: Novas séries que podem ocupar o posto de “Game of Thrones”

Sean Bean em arrow-options
Divulgação/ IMDb
Sean Bean em "O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel"

Cansado de morrer,  Sean Bean declarou ao  The Sun que está descartando personagens que chegam ao fim da vida nas tramas. “Recusei coisas. Eu disse: ‘Eles sabem que meu personagem vai morrer porque estou nele!’. Apenas tive que cortar isso e começar a sobreviver, caso contrário, tudo seria um pouco previsível”, assumiu o ator .

Leia também: Criadores de "Game of Thrones" fecham acordo com a Netflix

O desgosto pela previsibilidade de seus papéis é tanto, que ele já precisou convencer a produção de um trabalho a mudar seu destino. "Fiz um trabalho e eles disseram: ‘Nós vamos matar você’, e eu fiquei tipo, ‘Ah não!’ E então eles disseram: ‘Bom, podemos te machucar gravemente?’, E eu disse, ‘Ok, desde que eu permaneça vivo desta vez’. Interpretei muitos bandidos, eles eram ótimos, mas não muito gratificantes – e eu sempre morria”, contou.

Leia também: Criadores de "Game of Thrones" serão responsáveis por nova saga de "Star Wars"

Segundo  Sean Bean , o arrependimento de ter morrido no final da primeira temporada de " Game of Thrones " é real. “Então eles deixaram bem claro no momento que eu morreria e pensei: ‘Não quero ficar preso em uma dessas séries que dura sete anos’. Mas agora eu gostaria de ter ficado preso”, declarou o artista sobre seu personagem Ned Stark.

    Leia tudo sobre: Game of Thrones