Tamanho do texto

Presidente da república (PSL) fez uma live em sua conta do Facebook para interagir com seus eleitores e esclarecer alguns tópicos sobre o assunto

Nesta quinta (25) Jair Bolsonaro, presidente da república (PSL), declarou que está buscando a extinção da Ancine, Agência Nacional de Cinema, em publicação em suas redes sociais.

Leia também: Bolsonaro critica "Bruna Surfistinha" e quer Ancine em Brasília

Bolsonaro arrow-options
Divulgação
Bolsonaro

Desde a semana passado, Bolsonaro tem feito críticas ao órgão. Anteriormente, ele já havia sugerido dar fim à Ancine se não puder colocar um filtro nas produções. Um dos filmes que é alvo de críticas do mandatário é "Bruna Surfistinha", que conta a história da ex-prostituta Raquel Pacheco.

Leia também: Com camisa do Maranhão, Alcione repreende Bolsonaro: "Quem quer respeito, se dá"

"Depois desse anúncio de fazer um filme sobre a minha pessoa, a Ancine ganhou mais um FO positivo, Fato Observado positivo. Vamos buscar a extinção da Ancine. Não tem nada que o poder público tenha que se meter em fazer filme. Que tenha uma empresa privada, sem problema nenhum. Mas o estado vai deixar de patrocinar isso daí", disse. 

o presidente da república ainda ressaltou que não iria "citar nomes de filmes", porque havia crianças assistindo sua live pelo Facebook. 

Leia também: Deborah Secco responde declaração de Bolsonaro: “Não podemos nos calar”

Recentemente foi anunciada uma liberação de R$ 530 mil para fazer filme sobre Bolsonaro . Sobre isso, ele declarou: "Olha como os caras são legais, bonzinhos. Eu não tenho esse poderio todo lá. Não posso interferir diretamente".