Tamanho do texto

Internautas acreditam que o presidente dedicou-se mais para homenagear o MC Reaça, que ficou conhecido por criar jingles para o PSL, do que João Gilberto, músico conhecido por revolucionar a música brasileira

No último sábado (06) diante de um pedido, Jair Bolsonaro, o presidente da república, falou sobre a morte do cantor João Gilberto, de 88 anos. "[Era] uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família", disse.

Leia também: Jornais de todo o mundo destacam a influência de João Gilberto e da bossa nova

Jair Bolsonaro
Reprodução Instagram
Jair Bolsonaro

A homenagem enxuta e sutil criou um clima entre os internautas, que começaram a comparar a homenagem de Jair Bolsonaro para o MC Reaça , que criou jingles para a campanha do PSL, e a homenagem para João Gilberto , o pai da bossa nova.  

Leia também: Lenda da bossa nova, João Gilberto morre aos 88 anos

"Tales Volpi nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos", dizia a homenagem de Bolsonaro ao MC.

Na internet, mais especificamente no Twitter, as pessoas reagiram:


Leia também: Velório de João Gilberto será nesta segunda-feira no Teatro Municipal do Rio

Apesar da alta repercussão e comparação entre homenagens do cantor de bossa nova e do MC Reaça, Jair Bolsonaro não voltou a falar sobre o assunto.