Tamanho do texto

Premiação acontecia no Rio de Janeiro, porém a 18ª edição será realizada no Theatro Municipal em São Paulo. Local para 2020 também já foi definido

A cidade de São Paulo foi escolhida como sede para o 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (5), durante uma cerimônia realizada na Prefeitura de São Paulo. Evento irá acontecer no dia 14 de agosto no Theatro Municipal.

Leia também: Filme sobre Chacrinha lidera indicações no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro acontecerá pela primeira vez em São Paulo
Divulgação
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro acontecerá pela primeira vez em São Paulo

O 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro fará parte do Agendão, que é o calendário cultural integrado do programa São Paulo Capital da Cultura. Essa é a primeira vez em 18 anos que a maior premiação do cinema nacional irá acontecer em outra cidade, pois o evento sempre aconteceu no Rio de Janeiro.

A reunião que aconteceu nesta sexta para anunciar a novidade teve a presença do prefeito Bruno Covas, o secretário municipal de Cultura Alê Youssef, secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado Sérgio Sá Leitão, a presidente da Spcine Laís Bodanzky, e o presidente da Academia Brasileira de Cinema, Jorge Peregrino.

O motivo de a premiação sair do Rio e vir para São Paulo, se deu por conta de uma articulação entre a Academia brasileira de Cinema, que organiza o evento, a Spcine, a Secretaria Municipal de Cultura e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado. Também já foi definido o local para a edição de 2020, que será na Sala São Paulo, equipamento cultural do Estado.

"A vinda do prêmio para nossa cidade é muito importante nesse contexto, pois dá visibilidade às ações da nossa Spcine e simboliza com clareza São Paulo como a capital da cultura", afirma Alê Youssef  , secretário Municipal de Cultura de São Paulo.

Leia também: "Lembro Mais dos Corvos", que deu 1º prêmio a atriz trans em festival, estreia

"O prêmio é uma importante janela para projetar a produção nacional para o País e para o mundo, uma vez que a academia é responsável por indicar títulos para grandes prêmios internacionais, como o Oscar e o Goya”, conta Laís Bodanzky, diretora-presidente da Spcine.

Ainda segundo a diretora-presidente da Spcine, realizar a premiação no Theatro Municipal e na Sala São Paulo, é uma forma de trazer mais visibilidade ao evento: “Realizar este evento em uma casa como o Theatro Municipal em 2019 e a Sala São Paulo em 2020 é uma forma de impulsionar o evento para que ele se torne cada vez maior e mais conhecido”.

Leia também: Cinema brasileiro exclui diretoras negras, que lutam para estar em cena

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro tem 30 categorias para ser premiada
Divulgação
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro tem 30 categorias para ser premiada

“A cultura é uma das prioridades da gestão do governador João Dória e por isso estamos fazendo em 2019 um investimento recorde no desenvolvimento do setor audiovisual paulista, considerando igualmente a capital e o interior”, afirma Sérgio Sá Leitão, secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado.

“Nada mais adequado, portanto, do que trazer a principal premiação do cinema brasileiro para cá, com apoio do Governo do Estado e da Prefeitura e patrocínio da Sabesp”, conclui Sérgio Sá Leitão.

Já Jorge Peregrino, presidente a Academia Brasileira de Cinema, anuncia que a partir de agora o Prêmio passa a não ter mais um local fixo para acontecer:  “O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro passa a ser itinerante a partir de agora. Nosso desejo é estar mais perto dos profissionais do setor, em âmbito nacional, para celebrar a diversidade da nossa indústria não só no eixo Rio-São Paulo como em todo o país”.

Essa também será  a primeira vez em que o evento irá premiar o “Melhor Filme Latino-Americano” exibido no Brasil. Também serão premiados as melhores séries de ficção e documentais independentes na TV por assinatura  e em plataformas digitais. Ao todo serão 30 categorias.

Os finalistas do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro já foram indicados e podem ser votados pelo público em três categorias  "Melhor Longa-Metragem Ficção”, “Melhor Longa-Metragem Documentário” e “Melhor Longa-Metragem Estrangeiro”. Fora as três categorias, os vencedores serão escolhidos pelos sócios da Academia.