Tamanho do texto

Com a chegada da quinta temporada da produção, o iG compilou histórias que aconteceram na vida real, mas que poderiam ser um episódio da série

Estreia nesta quarta-feira (05) a quinta temporada de “Black Mirror”, série de ficção científica criada por Charlie Brooker que reflete sobre a relação do homem com a tecnologia.

Leia também: Com Miley Cyrus, Netflix divulga trailer da nova temporada de “Black Mirror”

Black Mirror
Divulgação
Black Mirror

Sempre mostrando novas tecnologias e ambientada em cenários distópicos ou super evoluídos, a série ganhou um jargão, o “isso é muito Black Mirror ”, utilizado para referir-se a situações, acontecimentos e invenções que soam longe de se tornar realidade, mas que, aos poucos, já começaram a tomar conta da rotina da humanidade em geral.

Leia também: Produtores de "Black Mirror" exaltam série de zumbi brasileira da Netfllix

Celebrando a chegada de uma nova temporada à Netflix, o iG Gente compilou cinco histórias reais que, com certeza, poderiam ser um episódio da série de Charlie Brooker .

  • Polícia 'prende' robô aspirador suspeito de roubo a casa nos EUA
História que parecem
Divulgação
História que parecem "Black Mirror", mas aconteceram na vida real

Em abril de 2019, um robô aspirador foi "preso em flagrante" pela polícia de Oregon, nos Estados Unidos, por assalto a uma casa. Os oficiais foram chamados por uma mulher que suspeitou que um ladrão estivesse trancado em seu banheiro. A moradora relatou aos policiais que ouvia barulho e via "sombras" se movendo sob a porta do banheiro.

Policiais cercaram o local e após pedir com a ajuda de alto-falantes que o suspeito saísse, sem obter resposta, decidiram invadir o local armados. Ao abrir a porta, eles viram um aspirador-robô fazendo seu trabalho.

  • Cachorrinha tem foto incluída em 'livro do ano' de escola nos EUA
História que parecem
Divulgação
História que parecem "Black Mirror", mas aconteceram na vida real

Em maio de 2019, uma cachorra policial que trabalha em uma escola do Arkansas, nos EUA, conquistou prestígio com os estudantes e acabou por ter sua foto incluída no livro do ano da instituição. O departamento local de polícia compartilhou a foto parabenizando a cachorra.

  • Americano inventa geladeira que arremessa cerveja até o sofá
Cervejas
Divulgação / Imovision
Cervejas

Em março de 2007, um John Cornwell investiu o equivalente a 6.200 reais para inventar uma geladeira que lança cervejas. Segundo notícia publicada no site Ananova , a geladeira é ativada por controle remoto. A lata gelada sobe até uma catapulta que é então direcionada a seu alvo. Ela então arremessa a bebida a uma distância de 3 metros. A capacidade é de 24 latas.

  • Cientista chinês faz implante cerebral e controla vôo de pombo à distância
História que parecem
Divulgação
História que parecem "Black Mirror", mas aconteceram na vida real

Em março de 2007, cientistas chineses conseguiram implantar eletrodos no cérebro de um pombo e controlar seu vôo à distância.  A agência de notícias Xinhua afirmou à época que especialistas do Centro de Pesquisas em Robótica obtiveram sucesso na experiência de instalar microeletrodos na cabeça da ave. 

Por controle remoto, com ajuda de um computador, eles conseguiram fazer com que ela obedecesse aos comandos de virar para a direita ou para a e esquerda, voar para cima ou para baixo, conforme os sinais eletrônicos enviados. Segundo o chefe da equipe de cientistas, Su Xuecheng, esses sinais reproduzem os impulsos elétricos gerados naturalmente pelo cérebro. 

É a primeira experiência bem sucedida realizada com um pombo em todo o mundo, segundo Su. Ele conduziu uma façanha similar em 2005, mas na época sua cobaia era um rato.

  • Autonomia robótica, moda eletrônica e muito mais

Em 2013, Lady Gaga chocou o mundo ao apresentar à imprensa o volantis, seu vestido voador. O equipamento foi capaz de levantar a artista e realizar um pequeno voo no palco do Brooklyn Navy Yard, em Nova York, na frente dos convidados para a festa de divulgação de seu álbum, "Art Pop". O projeto foi criado pela cantora para ser usado em uma performance no espaço sideral, porém, até hoje não há previsão de quando a performance acontecerá.

Além do vestido voador, o mundo já contempla outros projetos que facilmente poderiam ser vistos em na série da Netflix , como o carro autônomo, o ônibus autônomo e, para finalizar, um robôs de entregas. Os veículos automáticos estão sendo desenvolvidos pela empresa Tesla, que vem tratando a tecnologia, até o momento, como auxiliar e não totalmente independente.

Leia também: Filme interativo "Black Mirror: Bandersnatch" estreia nesta sexta-feira (28)

Enquanto isso, a Amazon trabalha em um robô na linha muito " Black Mirror ", que promete entregar as compras dos internautas. Apesar de estar em fase de testes nos EUA, o Scout, como é conhecido, tem seis rodas, tamanho reduzido e foi feito para deixar os itens comprados no seu site na porta da casa dos consumidores. Segundo a Amazon, seis unidades estão atuando no condado de Washington, porém, apenas durante o dia, e em dias de semana.