Tamanho do texto

Livro que desbrava a obra do diretor é o foco central da exposição que abriu as portas no final de maio e segue até agosto em Brasília

Em homenagem aos 10 anos do livro “A Arte de Tim Burton”, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no Distrito Federal mantém as portas abertas para a exposição “A beleza Sombria dos Monstros”. A atração, que fica em cartaz até 11 de agosto, explora, com originalidade, as criações do cineasta norte-americano, conhecido por dirigir filmes como “Os Fantasmas Se Divertem” e “A Noiva Cadáver”.

Leia também: Disney vive o ápice da nostalgia em 2019 com "Dumbo", "O Rei Leão" e mais

tim burton segura imagem de olho
Reprodução/Facebook
Tim Burton

Seguindo os capítulos do livro, a exposição lança mão da tecnologia para proporcionar ao público um ambiente de imersão, a partir de estações multimídia. Em uma das primeiras salas, manipulam-se estruturas que antecederam às do cinema como se conhece hoje, para dar vida aos personagens de Tim Burton. Uma delas é o folioscópio (flip book), criação do francês Pierre-Hubert Desvignes, que dá a ilusão de movimento e animação, como os quadros de um filme.

Além dos recursos visuais, o público também é convidado a reproduzir as peças de Burton e a criar as próprias em ao menos duas salas da exposição . No ambiente que remete ao capítulo sete do livro, intitulado “Muito tempo livre”, conta-se que Burton sempre teve o costume de desenhar em guardanapos, envelopes e pedaços de papel.

Em 1979, ele entrou para a equipe dos estúdios Disney, como aprendiz de animador, mas a companhia descartou todas as criaturas que concebeu. Ainda assim, ele continuou criando, sempre mantendo seu gosto por palhaços, ventríloquos, fantasmas e monstros.

Leia também: "O Lar das Crianças Peculiares" é a versão de Tim Burton para os X-Men

Para a arquiteta Milena Canabrava, o interesse pelas criaturas de Tim Burton, que geralmente têm um quê de sinistros, deriva da curiosidade que aguçam. “Ele é provocador, enigmático, exótico. A curiosidade não é negativa, é instigadora. Os monstros são cativantes, solitários, e a gente acaba querendo saber mais sobre eles”, disse ela, que levou os dois filhos, Ian, de 11 anos, e Enzo, de 14, para conferir a exposição.

Segundo a organização da mostra, no sábado (01) o evento reuniu cerca de 2,5 mil pessoas. A programação do CCBB inclui, além da exposição, uma mostra com filmes dirigidos por Tim Burton . A exibição das obras ocorrerá de 4 de julho a 11 de agosto e, como a mostra, terá entrada gratuita.

Leia também: Gringos no carnaval: Tim Burton, Gandalf e outros famosos no Brasil

Serviço
De 28 de maio a 11 de agosto
Horário: de 9h às 21h
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília
SCES, Trecho 02, Lote 22, Brasília
Entrada gratuita
(61) 3108-7600