Tamanho do texto

Homens brancos e heterossexuais estão pirateando uma versão "menos entediante" do longa, "sem frescuras, sem feminismo e sem Brie Larson"

Parece que alguns homens brancos heterossexuais, pelo menos fora do Brasil, estão achando “Vingadores: Ultimato” muito “cheio de frescuras”, de acordo com os próprios internautas. Na página de downloads ilegal no BitTorrent , usuários estão procurando pela versão pirateada do filme.

Leia também: Novo trailer de "Homem-Aranha: Longe de Casa" contém spoilers de "Vingadores"

Vingadores
Divulgação
"Vingadores"

"' Vingadores: Ultimato' mais curto, sem feminismo, nada de gays, menos entediante, sem brincadeiras constantes e sem outras pequenas mudanças”, escreveu um homem na página.

Então, os usuários que procuram a versão pirateada ainda descrevem todas as mudanças que fizeram no filme original, incluindo “absolutamente nenhuma Brie Larson, nenhuma mulher líder na conferência e nenhum Gavião Arqueiro treinando sua filha”, acrescentando ainda que “as jovens devem aprender habilidades para se tornarem boas esposas e mães, deixando a luta para os homens”.

Leia também: Após polêmica com "Vingadores", ministro assina cota para filmes nacionais

No Twitter, um usuário comentou o assunto: “Então homens brancos estão baixando e pirateando uma cópia de Vingadores que possui todos os homens não brancos editados... a fragilidade masculina é real”, escreveu.

“Ultimato” ainda é o primeiro filme da Marvel que inclui um personagem abertamente gay, interpretado por Anthony Russo, também diretor do longa. Em entrevista ao Deadline , Joe Russo, irmão de Anthony, comentou sobre a importância da representatividade no filme.

“Foi importante para nós, como fizemos quatro desses filmes, queríamos um personagem gay em algum lugar deles. Sentimos que era importante que um de nós o representasse, para garantir a integridade e mostrar que é tão importante para os cineastas que um de nós esteja representando isso”, declarou.

Leia também: 'Vingadores: Ultimato' passa 'Titanic' e vira 2ª maior bilheteria do cinema

“É um momento perfeito, porque uma das coisas que é convincente sobre o universo Marvel é seu foco na diversidade”, encerrou o diretor de " Vingadores: Ultimato ".