Tamanho do texto

Longa quebra uma das maiores tradições da Marvel no cinema, mas o faz por uma razão muito simples. O Universo Marvel se prepara para um recomeço

Uma tradição da Marvel foi quebrada em seu 22º filme, "Vingadores: Ultimato", que chega aos cinemas de todo o Brasil nesta quinta-feira (25). Muitos fãs já estão reclamando na internet e tentando entender por que não há cena pós-créditos no longa.

Leia também: Por que "Guerra Infinita" é um filme melhor que "Vingadores: Ultimato"?

cena de Vingadores: Ultimato
Divulgação
Cena de Vingadores: Ultimato, que estreia nesta quinta-feira (25) nos cinemas brasileiros

Além do recorde de metragem - são três horas e cinquenta oito segundos de duração -, "Vingadores: Ultimato" é mesmo o fim de um ciclo. Ainda que  oficialmente a fase três do MCU (Universo Cinematográfico Marvel ) só acabe após "Homem-Aranha: De Volta ao Lar", este filme observa o encerramento de diveros ciclos, histórias e abre margem para o surgimento e elaboração de tantas outras.

Atriz Angelina Jolie
Andres Kudacki
Angelina Jolie vai integrar nova fase da Marvel no cinema

Com a compra da FOX pela Disney, e a adição de outros personagens da editora Marvel ao portfólio do Marvel Studios, o planejamento para a fase 4 ganhou nova forma. Kevin Feige, principal produtor e CEO do estúdio, já anunciou que as séries para o Disney + vão integrar essa Fase 4. 

A tendência é que novos personagens sejam explorados. O estúdio já começou a escalar o elenco para "Inumanos", uma expansão de seu universo cinematográfico e ninguém menos que Angelina Jolie foi o primeiro nome confirmado. 

O anúncio formal da nova fase, com todos os projetos, só sera feito depois da estreia do novo "Homem-Aranha" em julho. Até lá a ideia é manter todos na epectativa e deixar que os eventos de "Vingadores: Ultimato" ressoem mais dramáticos e definitivos.