Tamanho do texto

Mauricio de Sousa relembra toda a sua história de vida em documentário que faz parte de uma bio-série do National Geographic e que vai ao ar em 13/04

O quadrinista mais famoso do Brasil, responsável pela criação de um universo potencialmente enraizado na cultura popular do País, a Turma da Mônica, Mauricio de Sousa ganhou a primeira produção audiovisual focada inteiramente em sua jornada. O documentário, realizado pelo National Geographic , integra uma docu-série  chamada "BIOS: Vidas que Marcaram a Sua". Mauricio trouxe à tona as emoções e os desafios que envolvem relembrar a própria história.

Mauricio de Sousa relembra jornada por meio de um documentário produzido pelo National Geographic
Divulgação
Mauricio de Sousa relembra jornada por meio de um documentário produzido pelo National Geographic

Leia também: Maurício de Sousa abre intimidade para série documental da National Geographic

É indiscutível o fato de que Mauricio de Sousa tem muita história para contar.  São 83 anos de vida, 60 deles dedicados ao universo da Mônica e toda a turminha. Um bilhão de revistas publicadas, e um verdadeiro marco na vida de várias gerações da população brasileira.

Mauricio volta às suas origens para relembrar todos os passos que o conduziram à figura lendária que é na atualidade: "O documentário vai explicar bastante as coisas que foram acontecendo e que deram no que deu até hoje, desde a minha casinha lá em Mogi das Cruzes. Recontar a história com mais detalhes", o quadrinista explicou, fazendo referência a um dos primeiros lugares que morou, no primeiro ano de vida.

Uma vez questionado sobre a sensação de ter a vida registrada no documentário do National Geographic , Mauricio demonstrou empolgação - e destacou a importância de ter muita cautela na hora de relembrar os acontecimentos: "Tenho que ter cuidado pra que fique uma coisa coerente, inteligível, e ao mesmo tempo é preciso cuidar para que a imagem que o pessoal tem de mim não seja alterada". Sousa apontou como o principal desafio da produção: "Ser o mais verossímil possível, o mais honesto comigo mesmo".

Mauricio de Sousa fala sobre o universo de "Turma da Mônica"

Mauricio de Sousa abre coração sobre início e auge da carreira, e o universo da
Divulgação
Mauricio de Sousa abre coração sobre início e auge da carreira, e o universo da "Turma da Mônica"

Leia também: CCXP 2018 ovaciona Mauricio de Sousa e personagem de Santoro em filme é revelado

Mauricio trouxe à tona o que enfrentou no início de sua carreira, lá na década de 60, quando surgiram as primeiras criações, como a descrença das pessoas diante do seu trabalho: "'Quem falou que você vai conseguir isso? Quem falou que você vai manter qualidade?' São os grandes desafios que acontecem no início de carreira", apontou.

Sobre os frutos que colheu com suas criações ao longo dos anos, o quadrinista dissertou:"Eu me considero uma pessoa de sorte. Eu consegui comprovar em cada época, em cada momento, que eu conseguia manter a qualidade. Hoje em dia está mais fácil de trabalhar com nosso objeto de criação".

E por falar em sua criação, Mauricio trouxe à tona seu maior orgulho da carreira, que é a repercussão do universo de sua criação na vida das crianças: "O que eu me orgulho muito é que eu consegui alfabetizar a criançada e trazer o gosto pela literatura. Você pega dez pessoas à sua escolha e oito vão falar que aprenderam a ler com a Turma da Mônica . Mas ao mesmo tempo isso me dá responsabilidade. Tenho a obrigação de pregar a educação, a cultura e o conhecimento, continuar com esse trabalho".

A empolgação de Mauricio de Sousa diante do filme "Turma da Mônica - Laços"

Mauricio de Sousa fala sobre o filme
Divulgação
Mauricio de Sousa fala sobre o filme "Turma da Mônica: Laços"

Se por um lado o documentário desperta empolgação em Sousa, o primeiro live action da Mônica não fica atrás. No início de dezembro, Mauricio foi ovacionado em seu painel da CCXP 2018, ocasião em que trouxe à tona algumas novidades do filme e do universo da Mônica em geral. Segundo o quadrinista, a CCXP 2018 oferece muito material que pode ser colocado no documentário do Nat Geo .

Sobre a produção do filme e o público que prende atingir, Mauricio declarou: "Tive sorte com esses atores maravilhosos e queridos. Fico feliz porque vem aí uma legião de novos amigos de certa maneira exigentes intelecutalmente. A criançada está ficando cada vez maiss esperta, exigente, então precisamos passar conceito e mensagens. Está cada vez mais difícil, mas é uma gostosura".

Leia também: MSP mostra bastidores de "Turma da Mônica - Laços" na CCXP 2018

A criação de Mauricio de Sousa passou dos jornais aos gibis, à televisão, ao cinema, e abraçou várias linguagens. "Nós temos que buscar sempre uma palco para que os personagens se mostrem para o mundo. Fico antenado pra ver qual é a plataforma que está surgindo", declarou. Mauricio então finalizou anunciando uma novidade: "Estamos partindo agora para um live action com a Turma da Mônica Jovem".