Tamanho do texto

Produtor neozelandês e o diretor Christian Rivers entraram ao vivo por link e afirmaram que público terá "algo nunca antes visto" com "Máquinas Mortais"

Depois de adaptar "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit" para as telonas, o neozelandês Peter Jackson prepara uma nova aventura literária que chegará em breve ao cinema. O novo trabalho do cineasta é "Máquinas Mortais", produzido por ele e dirigido por Christian Rivers, e que tem como inspiração a saga homônima escrita por Philip Reeve.

Peter Jackson e Christian Rivers, de
Brunno Kono/iG São Paulo
Peter Jackson e Christian Rivers, de "Máquinas Mortais", participam da CCXP 2018

Mesmo à distância, Jackson e Rivers fecharam a primeira noite da CCXP 2018 com um painel especial sobre o filme. Os dois entraram ao vivo por meio de um link e não pouparam palavras sobre o que o público poderá esperar de " Máquinas Mortais ". "Vocês verão algo que nunca foi visto, é difícil de descrever, eu tive que ver para acreditar", diz Christian, que dirige o primeiro longa-metragem da sua carreira.

Leia também: CCXP 2018 começa com painéis estrelados e presença forte da Globo

"Li o livro uns dez anos atrás. É uma série de quatro livros e eu não conseguia parar de ler. Eu achei a história fantástica e quis ver o filme, se eu me empolgo com o livro eu quero ver o filme", afirmou Peter Jackson sem surpreender ninguém com a última colocação. "Máquinas Mortais", segundo Jackson, contará a história do primeiro volume da saga de Reeve.

"Máquinas Mortais" se passa em um futuro distante no qual a humanidade, destruída após a "guerra dos 60 minutos", decide se reerguer em cima de cidades que andam. Isso mesmo, cidades sobre rodas.

Leia também: Na CCXP, astro de "American Gods" diz que série é a mais diversificada da TV

"O maior desafio foi o filme inteiro. O maior desafio, tecnicamente, foi criar cidades que andam, criar cidades na escala que elas precisavam ser. Londres tem quase 6 km. Queríamos criar um universo que o público ainda não viu. Foi difícil, mas espero que sejamos bem-sucedidos", explica Rivers.

CCXP 2018 exibe trecho inédito de "Máquinas Mortais"

CCXP 2018 exibiu trecho exclusivo de
Divulgação
CCXP 2018 exibiu trecho exclusivo de "Máquinas Mortais" para os fãs; na foto, Londres sobre rodas

Após uma breve conversa com Jackson e Rivers, foi exibido um trecho inédito com uns bons 20 minutos de duração. De acordo com Érico Borgo, um dos organizadores do evento, aqueles que acompanharam o painel na CCXP 2018 foram os primeiros a ver este generoso corte.

Leia também: CCXP 2018 mostra criação de Thanos com supervisor de "Guerra Infinita"

A fala de Rivers sobre ver algo que nuna havia sido visto não soa exagerada. Realmente, as cidades andam em "Máquinas Mortais" e a Londres sobre rodas de fato apresenta suas características. O trecho exibido ainda contou com referências aos nossos tempos atuais e que envolvem, acredite ou não, os famigerados Minions.

Jackson e Rivers falam sobre sua parceria na CCXP 2018

Esta não é a primeira parceria de Peter e Christian, muito pelo contrário. Os dois já haviam trabalhado juntos em 11 filmes, das duas trilogias que se passam na Terra Média ao drama "Um Olhar do Paraíso", passando por obras menos conhecidas do diretor, como "Fome Animal" e "Almas Gêmeas", ambos da primeira metade dos anos 90.

Questionado sobre a parceria, Jackson disse que soube de Rivers pela primeira vez quando filmava "Trash - Náusea Total", de 1987. O diretor recebeu a carta de uma criança recheada de "esboços lindos" e "bastante coisa fantástica" - era a primeira carta que ele recebia de um fã. Anos mais tarde, Jackson fazia um filme sobre zumbis e como não sabia desenhar para criar um story board, lembrou-se da carta do garoto e o chamou. O resto é história. "Foi a hora dele fazer seu primeiro longa-metragem, e é isso", afirma Peter, que é o produtor de "Máquinas Mortais". O filme chega ao Brasil no dia 10 de janeiro de 2019.

Fique por dentro da cobertura da CCXP 2018 no iG Gente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.