Tamanho do texto

Maisa, Klara Castanho e Mel Maia assumiram que não se importam com a exposição e revelam as loucuras que seus fãs já fizeram por elas

Fama é o que buscam muitas pessoas que entram para o meio artístico, mas no caso das três protagonistas de “ Tudo Por um Popstar ”, esse não foi o caso, já que elas iniciaram a carreira muito antes de poder pensar sobre isso. Maisa está na TV desde os cinco anos, Klara Castanho estreou direto em uma novela de Manoel Carlos aos nove, e Mel Maia ficou marcada como a pequena Rita em “Avenida Brasil” com oito anos.

Estrelas mirins, Klara Castanho, Maisa e Mel Maia cresceram sob os holofotes
Reprodução
Estrelas mirins, Klara Castanho, Maisa e Mel Maia cresceram sob os holofotes

Hoje adolescentes, elas estrelam “Tudo Por um Popstar” e comentam como é crescer na frente das câmeras: “para nós não é ruim”, comenta Mel. Klara completa: “é o nosso natural”. Maisa explica que a convivência com os holofotes faz parte: “a gente vive isso há tanto tempo que é o normal”.

Leia também: Rainha da internet! Provas de que Maisa é a it girl mais zoeira do momento

Tudo por um popstar?

Elas cresceram! Agora adolescentes, mel maia, Klara Castanho e Maisa estrelam
Divulgação
Elas cresceram! Agora adolescentes, mel maia, Klara Castanho e Maisa estrelam "Tudo Por um Popstar"

No filme, elas fazem três adolescentes apaixonadas por uma boyband que não mede esforços para conhecer seus ídolos quando eles vêm para o Brasil em turnê. Na vida real, Mel confessa que faria mesmo tudo por um popstar: “eu nunca fiz nenhuma loucura, mas se tiver que fazer com as minhas amigas eu faria”, confessa a atriz que diz ainda que amaria conhecer Selena Gomez.

O ex-namorado da cantora internacional, Justin Bieber, entra na lista de favoritos das outras duas. Mas, enquanto Klara diz que não faria “loucuras” por nenhum astro, Maisa revela que tem uma veia “groupie” e tieta famosos constantemente: “mas eu não sou inconveniente”, brinca. A estrela do SBT revela ainda que no passado estaria mais disposta a fazer loucuras como as das personagens.

Giovanna Lancellotti, que no longa faz a prima de Manu (Castanho) Babete, revela que já teve sua fase de fã enlouquecida. Natural do interior de São Paulo, ela confessa que descobriu o endereço da casa dos avós de seus ídolos, Sandy e Junior, e constantemente aparecia lá para tentar conhece-los.

Hoje, apesar de não fazer loucuras, Giovanna conta que gostaria de conhecer a atriz vencedora do Oscar Anne Hathaway. Thalita Rebouças, autora do roteiro do filme e do livro que o inspira vai mais longe: “eu gostaria de conhecer a Madonna, tomar um vinho com ela, conversar. E eu gostaria de ficar amiga da Lady Gaga”.  

Na vida real, porém, é mais fácil que as artistas sejam assediadas por fãs. Maisa, inclusive, confessa que seus admiradores já fizeram algumas loucuras por ela: “já tatuaram meu rosto e meu nome também”.

Leia também: "PopStar" estreia nova temporada com homenagens, lágrimas e muita música

Outro nome de peso no elenco e que carrega uma legião de fãs é João Guilherme. O ator e cantor teve seu momento de fã, que o deixou surpreendido. Ele contou que conheceu Chris Pratt, astro de “Guardiões das Galáxias” de perto e o momento o emocionou.

Adolescência em evidência

Divulgação
"Tudo Por um Popstar"

Escrito em 2003, “Tudo Por um Popstar” foi modernizado para os dias de hoje. Sendo assim, entra na história um youtuber blasé que finge criticar a banda quando na verdade é um fã secreto. Com trejeitos caricatos, o personagem ficou a cargo de Felipe Neto. É a única grande adaptação para os dias de hoje, já que há 15 anos a palavra “youtuber” nem existia.

Universal é mesmo a intensidade adolescente. De acordo com o diretor Bruno Garatti, a frase mais repetida por Thalita é que “adolescente ama amar”. E é esse amor louco que eles levam para o cinema. “É uma história sobre amizade, amor de amiga, amor de fã”, explica Thalita.

Com toda essa intensidade adolescente, como unir três meninas que não se conhecem e fazê-las se transformarem em amigas? Usando a internet, é claro. Bruno conta que eles criaram um grupo no Whatsapp que estreitou a relação entre elas. De acordo com Mel, o gripo reunia, “podres, podres e podres, conversas e novidades”.

A agitação adolescente é quase visível quando as três estão juntas, completando as frases umas das outras e dividindo suas experiências. “Elas têm essa intensidade, essa energia, elas não param, o tempo todo é uma festa no set, mas é uma coisa que eu não queria reprimir”, comenta Bruno. Giovanna Lancellotti, inclusive, elogiou a serenidade do diretor e confessou que ao lado das meninas, se transformava em adolescente também.

Leia também: Giovanna Lancellotti fala sobre maldades de Rochelle e carreira no cinema

Em “Tudo Por um Popstar” as três criam um laço de amizade que supera qualquer ídolo, e que é significativo para a carreira das três atrizes. Conciliando cinema, teatro e TV, elas esperam que esse seja o começo de uma longa estrada: “Eu pretendo fazer os três para sempre”, confirma Mel. Os fãs para acompanhar as popstars Maisa, Mel e Klara já tem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.