Tamanho do texto

Entrevista com a atriz de “Tudo Por Um Popstar”, pré-estreia de “Legalize Já” e pagode no topo das paradas são destaques da coluna Bastidores

Rochelle é o “cão chupando manga”, como a própria Giovanna Lancellotti define a personagem de “ Segundo Sol” . Mas também é o trabalho mais marcante e impactante da atriz na TV. No horário nobre, ela dá vida a menina mimada que, por pura disponibilidade, ofende e faz um inferno na vida de todos ao seu redor.

Giovanna Lancellotti tem se destacado na pele da maldosa Rochelle em
Divulgação
Giovanna Lancellotti tem se destacado na pele da maldosa Rochelle em "Segundo Sol"

Muito diferente de Babete, a jovem alto-astral, toda conectada com a natureza e meio responsável, porém de bom coração, que Giovanna Lancellotti interpreta em “ Tudo Por Um Popstar ”, filme que estreia nos cinemas na próxima quinta-feira (11). Entre um papel e outro, ela ainda viveu Drica de “De Novo Não”, longa que estreia no ano que vem.

Leia também: Rochelle mostra as caras e Giovanna Lancellotti se destaca em “Segundo Sol”

“A Babete e a Rochelle são opostos, nunca imagino uma amizade entre as duas. Mas acho que a Rochelle teria muito mais para aprender com a Babete do que ao contrário”, comenta. Sua personagem na TV tem tido a chance de se redimir, depois de descobrir uma doença rara. Giovanna explica que, apesar do êxito na TV, seu plano mesmo sempre foi seguir carreira no cinema.

“A televisão pintou na minha vida de uma forma natural e eu acabei me apaixonando. As coisas foram surgindo e acontecendo naturalmente. Mas o meu foco desde sempre foi o cinema”, conta ela. Depois de “Sol nascente”, que terminou em março de 2017, a atriz natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, tirou o resto do ano para se dedicar inteiramente as telonas, fato que ela comemora. Foram cinco filmes, todos próximos de estrear. “Eu estou super realizada” confessa.

Leia também: Galãs de "Segundo Sol" estampam capas da revista GQ em setembro

Jovem, mas nem tanto

Ao lado de um elenco adolescente, Giovanna Lancellotti se torna a mais velha em
Divulgação
Ao lado de um elenco adolescente, Giovanna Lancellotti se torna a mais velha em "Tudo Por um Popstar"

Com 25 anos Giovanna é, para todos os efeitos, uma atriz jovem. Mas, entre o elenco de “Popstar” ela se torna a mais velha do grupo que inclui Maisa, Mel Maia e Klara Castanho. Ter uma irmã adolescente a ajudou a se conectar com as meninas, mas ela confessa que a longa carreira das atrizes mirins facilitaram as coisas: “Eu me tornei amiga das meninas, apesar da diferença de idade. Elas são super manduras e vividas, cresceram na televisão, em frente às câmeras. A gente teve uma troca de igual para igual”, revela.

Isso não significa que ela não tenha aprendido uma coisa ou outra. Giovanna brinca que conheceu novas gírias convivendo com as três como “tô pistola”, “chavoso” (“que eu entendi que é maneiro”) e “friendzone” (“que eu amo”).

Futuro

Depois de “Tudo Por um Popstar” Giovanna ainda estará em “Tudo Acaba em Festa”, “Intimidade Entre Estranhos”, “Incompatível” e “De Novo Não”, todos previstos para estrear até 2019. Com a novela chegando a sua reta final, ela agora só pensa em uma coisa: férias. A atriz confessou que vai viajar com a família assim que “Segundo Sol” acabar, e só depois começa a fazer novos planos para o futuro.

Pagodeira

Música da Turma do Pagode liderou o ranking do TVZ em setembro no Multishow
Reprodução
Música da Turma do Pagode liderou o ranking do TVZ em setembro no Multishow

O Multishow liberou o ranking com as músicas mais pedidas no TVZ em setembro, e a Turma do Pagode liderou com Sua Mãe Vai Me Amar . Anitta ficou em segundo com Medicina , enquanto a dupla Fernando & Sorocaba completa o pódio com duas faixas, Cada Louco Com Sua Loucura e Cheiro Natural .

Pré-estreia política

Ícaro Silva protesta contra candidato Jair Bolsonaro durante a pré-estreia de
Divulgação
Ícaro Silva protesta contra candidato Jair Bolsonaro durante a pré-estreia de "Legalize Já" em São Paulo

Aconteceu em São Paulo a pré-estreia de “Legalize Já”, filme que mostra o início da amizade entre Skunk (Ícaro Silva) e Marcelo D2 (Renato Góes), que gerou o Planet Hemp. A banda sempre polemizou em suas letras, pedindo a legalização da maconha e criticando governos e, dado o cenário atual, serviu como inspiração para protestos. Segurando uma placa escrito “Ele Não”, Ícaro se uniu ao resto do elenco e equipe em São Paulo.

Leia também: "Vivemos um véu de hipocrisia", diz Ícaro Silva, que estrela “Legalize Já”

Trilha original

Ainda sobre “Tudo Por um Popstar”, o filme ganhou uma trilha sonora com composições originais. Giovanna Lancellotti não participa das faixas, mas as protagonistas Maisa, Mel Meia e Klara Castanho soltam a voz na faixa que dá nome ao filme.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.