Tamanho do texto

O baterista da banda Sigur Rós, Orri Páll Dyrason, anunciou saída do grupo nas redes sociais. Confira mais aqui sobre as acusações contra o músico

Orri Páll Dyrason, baterista da banda islandesa  Sigur Rós , anunciou que vai deixar a banda após ser acusado de assédio sexual e estupro . Em comunicado oficial, o grupo confirmou nesta segunda-feira (01), pelo site Consequence of Sound .

Leia também:  Lançando álbum acústico, Maneva participa do Festival Urbanamente em São Paulo

Orri Páll Dyrason, ao lado dos outros integrantes da banda Sigur Rós
Reprodução/Instagram
Orri Páll Dyrason, ao lado dos outros integrantes da banda Sigur Rós



"Em meio às acusações extremamente sérias e pessoais feitas contra ele recentemente, aceitamos hoje a demissão do nosso colega de banda  Orri Páll Dyrason , e vamos permitir que ele lide com isso de maneira particular", disseram os membros da banda.

A artista Meagan Boyd acusou o baterista em uma publicação em sua conta oficial do Instagram. Segundo ela, os dois se conheceram em Los Angeles, em 2013. Na época, Sigur Rós estava na cidade para gravar o álbum “Kveikur”.

Meagan Boyd ainda afirmou que os dois beberam e se beijaram antes de adormecer na mesma cama e que acordou se sentindo violada: “Eu acordei com o sentimento de estar sendo penetrada. Eu não dei meu consentimento para isso. Aconteceu duas vezes na mesma noite, e é claro que eu me pergunto porque não fui embora na primeira vez, mas eu estava bêbada, cansada”, contou a artista.

Leia também: Maiores que a vida, "AC/DC" e "QUEEN" impactam realidade de suas bandas covers

Em uma segunda publicação que foi apagada, Body expôs um e-mail que o baterista a enviou após a denúncia. No texto ele falou que não entendia porque ela o acusaria de algo que ele não fez. E no post apagado a artista respondeu:"Eu acho que ele acredita nas mentiras que ele está contando, ou talvez só seja iludido. O lado da história que ele conta é completamente falso e fabricado".

Orri Páll Dyrason se despede da banda 

Orri Páll Dyrason vai deixar a banda Sigur Rós
Reprodução/Instagram
Orri Páll Dyrason vai deixar a banda Sigur Rós


Em publicação no Facebook, o baterista Orri Páll Dyrason comunicou sua saída da banda Sigur Rós e falou sobre a acusação de estupro: “Começo agradecendo meus amigos e parentes pelo apoio que você demonstrou. É bom para mim sentir sua confiança, apesar das sérias acusações públicas contra mim.Este assunto inegavelmente me prejudicou nos últimos dias. Justificadamente, alguns dirão, e eu não pretendo discutir com essas pessoas”, escreveu ele. 

Leia também: Ex-baterista de Beyoncé acusa a cantora de praticar bruxaria e magia negra

“Decidi deixar Sigur Rós. Essa é uma decisão difícil para mim, mas eu não posso ter essas alegações sérias influenciando a banda e o trabalho importante e bonito que tem sido feito lá nos últimos anos. Um trabalho que é tão querido para mim”, acrescentou Orri Páll Dyrason

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.