Tamanho do texto

Produção integra programação do Festival do Rio e chega aos cinemas brasileiros em 26 de outubro. Confira o trailer legendado

Cate Blanchett nos bastidores de Manifesto, que chega ao Brasil no fim do mês
Divulgação
Cate Blanchett nos bastidores de Manifesto, que chega ao Brasil no fim do mês

Cate Blanchett dispensa apresentações. Vencedora de dois Oscars e merecedora de tantos outros, a atriz retorna aos cinemas em um filme que é em si um desafio para qualquer intérprete. Em “Manifesto”, a atriz vive 13 personagens diferentes.

Leia também: Cate Blanchett para todos os gostos! Atriz vive 13 personagens em "Manifesto"

Destaque nos festivais de Sundance, Roterdã e Tribeca, “Manifesto” integrará a programação do festival internacional de cinema do Rio de Janeiro que ocorre entre os dias 5 e 15 de outubro.  A estreia em circuito comercial está agendada para 26 de outubro.

Leia também: "mãe!" resgata paradigma do cinema como moderador do debate social

Este é o primeiro filme do alemão Julian Rosefeldt. Ele estudou arquitetura em Munique e em Barcelona e foi professor de instituições como a Universidade da Bauhaus. É artista visual. Suas obras integram o acervo de museus como o MoMA , em Nova York, e The Saatchi Collection, em Londres. Já teve exposições individuais em mais de 30 países, em espaços como Hamburger Bahnhof, em Berlim, e Park Avenue Armory, em Nova York. 

13 vezes Cate Blanchett em Manifesto
Divulgação
13 vezes Cate Blanchett em Manifesto

O longa

O primeiro trailer legendado da produção pode ser conferido abaixo. No longa a seguinte inquietação é dimensionada: Os históricos manifestos de arte podem ser aplicados à sociedade contemporânea?

Leia também: “Thor: Ragnarok” e mais quatro trailers imperdíveis que você precisa ver

Rosefeldt elaborar uma homenagem às declarações artísticas e inovadoras do século XX, dos futuristas e dadaístas ao Pop Art, Fluxus, Lars von Trier e Jim Jarmusch, esta série de reencenações interpretadas por Cate Blanchett explora os componentes performativos e o significado político dessas declarações. 

Uma síntese da elaboração artística da humanidade por meio de um tour de force de Cate Blanchett. “Manifesto” promete ser uma produção tão ambiciosa quanto a curiosidade que enseja.

Vilanizada

No mesmo dia em que estreia 13 versões de si nas salas brasileiras, Cate Blanchett ofertará outra em "Thor: Ragnarok". Ela é mais uma atriz do primeiro escalão seduzida pelos filmes de super-heróis. Na produção ela vive a deusa Hela que quer destruir Asgard e, claro, medirá forças com Thor (Chris Hemsworth). O fim do mês de outubro promete ser um manifesto do talento de Cate Blanchett. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.