Tamanho do texto

Existem muitos filmes estranhos no universo da sétima arte. Alguns desses filmes extrapolam os limites do aceitável; descubra-os nessa lista do iG

Apesar de ter boas ideias, muitos roteiristas acabam transformando suas obras em filmes estranhos. Elenco de gosto duvidoso, acontecimentos questionáveis, justificativas longe da realidade, tentativas de crítica social frustrada, excesso de uso de efeitos especiais ... a lista é enorme! Diversos fatores são capazes de contribuir para que o filme seja, no mínimo, considerado estranho (ou doido, mesmo).

Leia também: Especial 40 anos: Os dez melhores momentos da franquia "Star Wars"

Há ainda as produções que adotam um tom mais onírico , envolvendo suas narrativas em tons surreais - o que também pode produzir filmes estranhos -, embora os longas mais doidos sejam basicamente uma mistura de tudo o que já foi citado (e mais alguns detalhes particulares).

Para relembrar quais são os filmes que estão nessa categoria, o iG fez uma seleção com os 15 filmes mais loucos que já foram produzidos. Veja:

"Peles"

Reprodução
"Peles" mostra a história dos jovens excluídos de uma sociedade que vive de aparências

O longa "Peles", do diretor espanhol Eduardo Casanova, traz a história de uma sociedade tomada pela cultura visual, em que o físico é mais importante que qualquer outra coisa. Nessa sociedade às avessas, as pessoas com aparência diferente são forçadas a se esconder, e tornam-se reclusas entre elas.

Dentre essa nova sociedade de excluídos, estão Samantha - que possui um sistema digestivo de cabeça para baixo (sim, boca no lugar do ânus, e ânus no lugar da boca) -, Laura - uma garota sem olhos -, e Ana - que possui um rosto completamente deformado. Juntas, elas buscam um meio de se adequar a uma sociedade que maltrata e exclui quem é diferente, e aceita somente mais do mesmo.

"A Espuma dos Dias"

Reprodução
"A Espuma dos Dias" tem um tom onírico, e mostra os conflitos entre amizade e dinheiro

"A Espuma dos Dias" mostra a vida de Colin, um homem rico que nunca precisou se preocupar em trabalhar para manter sua vida luxuosa. Apesar disso, sempre foi tímido e nunca fez muito sucesso com as mulheres. Até ser apresentado a Chloé, durante uma festa. Após um primeiro encontro desastroso, eles se apaixonam, desenvolvem uma relação afetiva e se casam pouco tempo depois.

Colin passa a traçar o plano da vida perfeita ao lado de sua amada, mas vê todos eles irem pelo ralo quando ela é diagnosticada, ainda na lua-de-mel, com uma rara doença incurável: há uma flor de lótus crescendo dentro de seu peito. O tratamento é caríssimo e envolve muitos medicamentos e manter a amada rodeada de flores. Tentando prover uma sobrevida à Chlóe, o homem rapidamente vai à falência, e começa a perceber quem são seus verdadeiros amigos agora que ele não tem mais dinheiro.

"Sharknado"

Reprodução
"Sharknado" é um dos filmes de tubarão mais trash de todos os tempos

Em "Sharknado", um estranho furacão atingiu a cidade de Los Angeles. Até aí, tudo normal. A parte estranha fica pelo fato de que, antes de chegar à cidade, ele passou pelo Oceano Índico e arrancou diversos tubarões de seu hábitat natural e os jogou sobre a cidade. Ou seja: chuva de tubarão!

Finn, April e um grupo de amigos devem então enfrentar as feras - que estão aterrorizado toda a cidade. O filme tem várias cenas consideradas ridículas, como tubarões voando pelos ares, entrando em redes de esgoto, de debatendo em cima de carros em movimento, pessoas saindo vivas de dentro de tubarões de três toneladas... Bem real.

"A Batalha dos Deuses"

Reprodução
"A Batalha dos Deuses" é uma louca viagem com elementos budistas

O longa "A Batalha dos Deuses" parece ter sido feito para quem quer pirar no budismo! Acompanhamos a história do monge budista Tripitaka, que ficou conhecido por trazer os antigos sutras budistas da China para a Índia, que faz uma viagem junto com seus três discípulos. No caminho para Shache, ele é atacado por demônios.

O monge consegue escapar, mas seus discípulos ficam para trás. Enquanto isso, ele é capturado pelo Rei dos Répteis e fica sob a vigilância de Meiyan, um demônio feminino com aparência horrenda. A mãe desse demônio a aconselha a comer Tripitaka, mas ela acaba se apaixonando e desiste de devorá-lo, comprometendo-se a ajudar no resgate de seus discípulos.

"Rubber: O Pneu Assassino"

Reprodução
"Rubber: O Pneu Assassino" mostra um pneu com poderes telepáticos cumprindo sua missão demoníaca

Sim. Isso mesmo. Um pneu assassino. No meio de um deserto na Califórnia, um pneu com poderes telepáticos desperta para cumprir sua macabra missão: assassinar tudo o que vir pela frente. Enquanto os habitantes locais assistem incrédulos aos crimes do serial killer de borracha, a polícia local vai atrás do improvável criminoso.

Como se tudo isso ainda não fosse o bastante, Rubber - o pneu - também sente uma incontrolável e inexplicada paixão por uma jovem. O filme acaba junto com as matanças do psicótico emborrachado.

"Avalanche de Tubarões"

Reprodução
"Avalanche de Tubarões" é mais um filme trash sobre tubarões nadando na neve

Tubarões nadando na neve? Parece verídico. Como os tubarões foram parar lá, é outra história. "Avalanche de Tubarões" leva o espectador para acompanhar a primavera em uma estação de esqui nos Estados Unidos. As férias das famílias correm bem até que funcionários e hóspedes são supreendidos por uma avalanche, que traz para baixo os tubarões que viviam na montanha há muitos anos - quando foram convocados pelos indígenas.

Famintos, eles causam destruição e terror no resort. Agora, funcionários e hóspedes terão que usar a criatividade para sobreviver sem ser mordido por um deles. Mas cuidado onde pisa: eles também estão escondidos em meio à neve.

Leia também: Fama e fracasso: qual foi impacto de "Piratas do Caribe" para seus atores?

"Tideland"

Reprodução
"Tideland" apresenta a fuga da realidade por meio da imaginação

"Tideland" trabalha com o conceito da negação da realidade, onde uma criança cuida dos pais viciados em heroína, em uma casa no meio do nada. Ela é a responsável por injetar drogas em seus progenitores. Para escapar de sua terrível realidade, a garotinha brinca com suas bonecas decapitadas.

Após a morte de sua mãe devido a uma overdose, ela e o pai se mudam para uma cabana - onde ele também morre de overdose. A jovem passa a conviver com o corpo em putrefação do pai, e conhece seus novos vizinhos. Acostumados a lidar com a morte, praticam a taxidermia no corpo dele ( Norman Bates curtiu isso ).

"O Biscoito Assassino"

Farinha, leite, ovos, gengibre e maldade: os ingredientes certos para produzir o
Reprodução
Farinha, leite, ovos, gengibre e maldade: os ingredientes certos para produzir o "O Biscoito Assassino"

Tudo bem, gengibre tem um gosto esquisito. Mas para quê fazer isso com um pobre biscoitinho? "O Biscoito Assassino" conta a história de um biscoito de gengibre que foi possuído pelo espírito de um serial killer morto na cadeira elétrica. Agora, ele quer se vingar da mulher que foi a responsável por sua morte.

Não menospreze esse corpo de farinha, leite e maldade. Mesmo sendo apenas um biscoitinho, ele é capaz de dirigir carros, usar uma pistola, montar armadilhas, cortar dedos e cabos, arrastar pessoas e muitas outras coisas capazes de fazer inveja a muitos assassinos de aluguel.

"Birdemic"

Reprodução
"Birdemic" fracassa como homenagem a "Os Pássaros"

Inspirado em "Os Pássaros", de Alfred Hitchcock, "Birdemic" consiste em um casal apaixonado que tem a sua cidade atacada por pássaros raivosos, que cospem ácido e explodem ao tocar no chão. Então, eles começam uma jornada para escapar da cidade e vão encontrando pessoas que também querem se livrar dos pássaros.

Enquanto dirigem para fora da cidade, eles também têm que combater as aves furiosas que tentam matá-los a todo momento. Com algumas mensagens confusas sobre a preservação ambiental, o roteiro se perde de seu objetivo e se torna absurdo.

"Lavalantula"

Reprodução
"Lavalantula" é uma loucura cinematrográfica sobre aranhas gigantes cuspidoras de lava

Mais um filme envolvendo bichos e desastres naturais. "Lavalantula" mostra o que acontece quando Los Angeles é invadida por tarântulas gigantes cuspidoras de lava fervente, criadas nos vulcões adormecidos de Santa Monica e que foram libertadas por um terremoto. Todas as vítimas dessas terríveis criaturas são queimadas vivas quando atingidas.

Nesse cenário caótico, um experiente ator de Hollywood precisa usar todos os seus conhecimentos adquiridos em atuações em filmes de ação para salvar sua família e sobreviver ao terrível ataque das lavalântulas.

"A Pele que Habito"

Reprodução
"A Pele que Habito" é um thriller sobre vingança e obsessão

Apesar de ser um filme premiado, "A Pele que Habito" não poderia deixar de figurar entre os filmes mais doidos que já foram produzidos. Tratando sobre a obsessão estética, o longa conta a história de um cirurgião plástico que, após perder a esposa em um incêndio, concentra todas as suas forças na criação de uma pele humana resistente ao fogo.

Para testar o tecido sensível, ele precisa de uma cobaia humana - uma jovem desaparecida de sua família, e que não o fará de forma voluntária. Para isso, ela é mantida presa em um cômodo da casa do cirurgião. Contudo, conforme o espectador vai sendo apresentado aos flashbacks, a misteriosa identidade da jovem é revelada.

"O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus"

Reprodução
"O Mundo Imaginário do Dr Parnassus" traz o conflito entre realidade e imaginação e o preço que se paga por isso

Dono de uma companhia de teatro itinerante, o Dr. Parnassus conta com a ajuda de seu ajudante, um mágico e sua filha. Juntos, eles apresentam espetáculos capazes de inspirar a imaginação das pessoas. Contudo, a rotina da companhia muda drasticamente quando eles acolhem um homem que estava pendurado pelo pescoço em uma ponte.

Tentando modernizar o show e garantir a longevidade do espetáculo do Dr. Parnassus, ele é apresentado ao mundo imaginário do velho, que o transforma drasticamente. Contudo, todas essas habilidades têm um preço, e o prazo está chegando ao fim. Caberá ao doutor pagá-lo ou enrolar o próprio diabo para continuar com sua preciosa filha.

"O Labirinto do Fauno"

Reprodução
"O Labirinto do Fauno" deixa o espectador confuso entre realidade e imaginação

Aos 13 anos, Ofélia se muda com sua mãe para um acampamento militar, onde conhece Vidal, seu novo padrasto. Em uma noite, ela se aventura pela propriedade e descobre as ruínas de um labirinto, onde se encontra com um misterioso fauno. Lá, ela descobre que é a reencarnação da princesa Moana, que fugiu do submundo.

Para voltar ao seu reinado, ela deve cumprir três missões antes da lua cheia. Após cumprir duas missões e sequestrar seu irmão recém-nascido, ela se recusa a cumprir a terceira tarefa e é morta por seu padrasto. E então, vai para o submundo ao qual pertence. Fica a dúvida se ela realmente era a reencarnação da princesa e vivenciou tudo aquilo ou imaginou uma realidade paralela para se distrair.

"Quando Fala o Coração"

Reprodução
"Quando Fala o Coração" é um sonho sobre a psicanálise

"Quando Fala o Coração" traz uma realidade quase onírica e se passa quando um novo psiquiatra chega para ocupar o cargo de diretor de uma clínica para doentes mentais. Observando o comportamento dos internos, ele começa a fazer descobertas sobre si mesmo e apresentar um comportamento estranho.

Ao mesmo tempo, uma psiquiatra se apaixona pelo diretor, mas descobre que ele não é quem diz ser. Acreditando na inocência do homem, ela busca um médico que os ajude a entender o significado por trás dos sonhos do falso psiquiatra.

Leia também: Muito além de "13 Reasons Why": 30 produções sobre transtornos mentais

"Hausu"

Reprodução
"Hausu" exagera nos efeitos especiais e acaba se perdendo em seu roteiro

Tudo é exagerado em "Hausu". Com uma sinopse bastante simples, de primeira, o filme aparenta ser apenas mais um do gênero de suspense: um grupo de amigas vai passar um final de semana em uma casa supostamente assombrada. Contudo, o que torna esse filme doido são os elementos psicodélicos que o uso excessivo de chroma key e efeitos visuais lhe conferem.

A noção realmente passa longe deste longa, o que lhe rende um título entre os filmes estranhos. E tudo fica ainda mais doido quando as garotas vão desaparecendo uma por uma, ao mesmo tempo em que estranhos acontecimentos as cercam. Tudo isso é costurado por um tom surreal e satírico.