Tamanho do texto

Depois de deixar o One Direction e focar na carreira solo, novos projetos e planos para indicam que 2017 tem tudo para ser o grande ano do astro

Harry Styles, ex-integrante do grupo One Direction deixou os parceiros de banda e canalizou todas as energias em novas metas pessoais para a própria carreira
Reprodução/Twitter
Harry Styles, ex-integrante do grupo One Direction deixou os parceiros de banda e canalizou todas as energias em novas metas pessoais para a própria carreira


Ano novo, vida nova. A expressão pode até parecer clichê, mas Harry Styles devia estar com dizeres bem parecidos com esses na cabeça lá pela metade do ano de 2016, quando houve certa inquietação na mídia dizendo que o astro abandonaria o grupo One Direction e seguiria carreira solo. Para a infelicidade de uma grande parcela de fãs, o que começou como especulação acabou se revelando verdade, uma vez que o popstar não só saiu da banda sensação entre os adolescentes, como fechou um contrato com a produtora Columbia Records para novos projetos. A entrada na nova etapa da carreira, portanto, se assinalou com a prévia de uma temporada cheia de grandes planos e a promessa de que 2017 será o grande ano da vida do britânico.

Leia também: Kendrick Lamar se consagra como um dos maiores da história com novo álbum

Seguir em frente parece ter sido o lema adotado não só por Zayn Malik , mas também por Styles, que decidiu que o ano de 2016 seria o melhor momento para pensar em planos futuros – e pessoais. Após assinar com a Columbia Records e deixar a boy band, o cantor canalizou energias para além do horizonte e deu início à produção de um novo álbum com um diferencial em relação ao restante de sua carreira: esse seria completamente inédito por ser o primeiro trabalho solo de Harry Styles . No entanto, não foi só na música que as coisas evoluíram para Harry. O britânico, além de querer crescer enquanto músico, parece ter estabelecido muitas outras metas para a carreira e, pelo andar da carruagem, tudo indica que essas não serão alvo de dificuldade para serem realizadas.

“Harry Styles” e a semelhança com Mick Jagger

Harry Styles e Mick Jagger são alvo de comentários por parte do público que os classificam como pessoas parecidas fisicamente
Reprodução/Internet
Harry Styles e Mick Jagger são alvo de comentários por parte do público que os classificam como pessoas parecidas fisicamente


Com data de estreia prevista para o dia 12 de maio de 2017, o álbum homônimo do britânico reserva para o público que espera seu novo trabalho 10 faixas, além de contar com uma versão especial em vinil e outra limitada em CD, junto a um encarte incrementado com imagens feitas através do olhar de Jeff Bahsker, que revelam como foi o processo de gravação. O single “Sign of The Times” lançado em abril já deu uma boa prévia do que está por vir na carreira do jovem cantor e caiu no gosto do público que não via a hora de ver as novidades do ídolo. A produção do álbum contou, ainda, com a ajuda de Kid Harpoon, renomado no meio musical por colaborar com trabalhos de bandas como Florence + The Machine .

Harry Styles interpretou o astro do rock Mick Jagger no programa Saturday Night Live
Reprodução/Youtube
Harry Styles interpretou o astro do rock Mick Jagger no programa Saturday Night Live

Ainda nessa lógica de estreias e novidade, Harry lançou “Sign of The Times” e logo a introduziu na agenda midiática. Entre os veículos que optaram por projetar as últimas do ex-integrante do One Direction está o Saturday Night Live , programa cômico que parodia a cultura e a política dos EUA, além de receber um artista a cada edição que vai ao ar. Na exibição que teve Harry como convidado, não foi apenas a apresentação do novo hit que teve a atenção do público à disposição: o cantor também fez uma imitação do ícone do rock Mick Jagger , com quem é constantemente comparado pelo fato de muitos considerarem  que os dois se assemelham fisicamente. Num clima de comédia, Harry realizou com êxito a interpretação de uma das maiores lendas no rock’n roll e, ao mesmo tempo, levantou a reflexão em torno de outras características em comum que tem com Jagger. Assim como o ex-integrante do One Direction, Mick Jagger é um talento incomparável na música e também se aventurou no universo da atuação.

Novos mundos: uma primeira grande estreia

Harry Styles interpretará Alex, um jovem soldado que é personagem de
Reprodução/Twitter
Harry Styles interpretará Alex, um jovem soldado que é personagem de "Dunkirk", longa de Christopher Nolan


Para os que estão familiarizados com o mundo cinematográfico e são capazes de opinar sobre tudo que sai dele, o fato de Christopher Nolan ter escalado Harry Styles para estrelar “Dunkirk”  gerou surpresa. No entanto, o diretor responsável por filmes como “Interestelar” (2014)  e “A Origem” (2010) afirmou com convicção que o ex-integrante do One Direction recebeu exatamente o mesmo tratamento que os outros (muitos) candidatos que concorriam ao papel de Alex, um jovem soldado que tenta sobreviver, na trama, durante a Operação Dínamo ou a Evacuação de Dunkirk , plano militar que ocorreu no início da Segunda Guerra Mundial na cidade de Dunquerque, na França. O cineasta, reiterando o caráter legítimo do nome de Harry para o papel, ainda contou que outros milhares de jovens fizeram o mesmo teste que o cantor, no entanto, era Styles que tinha o que Nolan estava em busca. “[...] Nós queríamos alguns jovens novatos. Ele não é tão novato, mas nunca tinha feito nada como ator até então. Por isso, ele fez um teste. Eu fiz testes com literalmente milhares de jovens. E ele tinha o que procurávamos”, relata.

Leia também: DVD e Blu-Ray de "Moana" chegam às lojas com muito conteúdo especial

Para as expectativas pessoais de Harry Styles , as coisas parecem estar indo bem. Apesar da expectativa ser grande em cima da primeira atuação do cantor (que já começou com um peso e tanto no que diz respeito aos profissionais renomados com os quais colaborou na produção do filme), o jovem de 23 anos não tem se mostrado inseguro com o trabalho que realizou, com data de estreia prevista para 21 de julho. Harry, apesar de ter se empolgado com uma primeira aventura num ramo profissional que não conhecia, revelou ainda que há dúvidas sobre novas possíveis atuações. Ainda assim, as esperanças de que o longa repercutirá positivamente estão contidas nas energias do ex-integrante do One Direction . “Esse foi um projeto que me deixou muito empolgado, mesmo se eu me envolvesse ou não. Eu ainda não assisti, mas acho que será bom”, declara o astro.