Tamanho do texto

Atriz agradeceu Ryan Gosling pela parceria e disse que Damien Chazelle lhe deu a oportunidade de sua vida ao lhe oferecer papel em "La La Land"

Grande favorita ao prêmio, Emma Stone levou o Oscar de melhor atriz por seu trabalho em "La La Land: Cantando Estações". A atriz foi mais uma a se emocionar muito durante o discurso de agradecimento.  

Leia também: Brasileiros comemoram participação surpresa de Lázaro Ramos e Seu Jorge no Oscar

A atriz Emma Stone vence o Oscar por La La Land
reprodução/ABC
A atriz Emma Stone vence o Oscar por La La Land

Indicada a dois anos como coadjuvante por "Birdman", Emma Stone competia com Isabelle Huppert ("Elle"), Ruth Negga ("Loving"), Natalie Portman ("Jackie") e Meryl Streep ("Florence: Quem é Esta Mulher?"). "Eu admiro todas vocês", disse antes de classificá-las como "extraordinárias".  A intérprete fez deferência a suas colegas ao receber o prêmio e agradeceu aos seus colaboradores de "La La Land".  "Obrigado por me fazer rir e constantemente elevar o nível", disse para um realmente feliz Ryan Gosling no teatro Dolby. "Obrigado por um ser um parceiro tão brilhante nessa jornada tão louca".

Leia também: "La La Land" ganha fôlego por se comunicar com sonhadores em tempos obscuros

Ela ainda elogiou bastante seu diretor, também premiado na noite, Damien Chazelle. "Eu queria te agardecer pela oportunidade de me envolver em um projeto tão especial e que vai me definir na minha carreira. Obrigada pela sua fé e paciência."

A atriz enfileirou muitos "obrigados" e encerrou dizendo que "ainda tem uma longa jornada pela frente e que esse belo cara (olhando para o Oscar) vai ajudá-la muito nesse caminho". 

A atriz já havia vencido o Bafta, o SAG e o Globo de ouro de melhor atriz em comédia e musical pelo papel. A atriz tem 29 anos e é mais uma emergente estrela de Hollywood a prevalecer na categoria. Outras foram Brie Larson, Jennifer Lawrence e Natalie Portman.

Leia também: "La La Land: Cantando Estações" é mesmo a maravilha que todo mundo está dizendo

Carreira

Mais ligada à comédia, protagonizou filmes como "A Mentira" (2010), "A Casa das Coelhinhas" (2008) e "Superbad: É Hoje" (2007) antes de virar estrela, algo que aconteceu quando viveu Gwen Stacy em "O Espetacular Homem- Aranha" (2012) e sua sequência. 

Mesmo antes disso já perseguia papeis mais densos como o da protagonista de "Histórias Cruzadas" (2011). Seu primeiro filme com Ryan Gosling foi "Amor a Toda Prova" (2011). Eles ainda fizeram "Caça aos Gangsterês"  antes de "La La Land". 

Além de trabalhar com Alejandro Gonzáles Iñarritu no oscarizado "Birdman", virou musa de Woody Allen com quem fez os filmes "Magia ao Luar" e "O Homem Irracional". 

Emma Stone estreia ainda em 2017 a série "Maniac" da Netflix.