Tamanho do texto

Uma camiseta com um bordão de personagem foi criticada por conteúdo racista e preconceituoso; ator de Negan rebate e chama pessoas de burras

Recentemente foi lançada uma camiseta da série “The Walking Dead” com uma frase que ficou famosa por ser dita pelo personagem Negan antes de acabar com seus inimigos – entretanto, fora de contexto, as palavras podem adquirir um sentindo ofensivo e racista. Um homem identificado como Ian Lucraft prestou uma queixa contra a loja Primark no Reino Unido solicitando a retirada do produto em decorrência do conteúdo potencialmente preconceituoso.

Leia mais: “The Walking Dead” volta com carência de Negan e problemas de sempre

Produto de ''The Walking Dead'' inspirado no personagem Negan foi acusado de ter conteúdo racista e foi retirado de circulação
Divulgação
Produto de ''The Walking Dead'' inspirado no personagem Negan foi acusado de ter conteúdo racista e foi retirado de circulação


Racismo ou mau entendido?

A camiseta de Negan do “ The Walking Dead ” era estampada com uma frase que deixou o personagem famoso. O ditado “eeny meeny miny moe” – algo similar à “uni duni tê” em português – utilizado por ele na série tem origem em um jogo de palavras que incita racismo e violência contra negro. Sua continuação seria “catch a nigger by his toe” (“pegue um negro pelo pé”, em tradução livre) e, além de disso, a palavra “nigger” por si só já é considerada como uma ofensa na língua inglesa e o bastão símbolo do personagem também pode ser interpretado como um gesto violento.

Leia mais: Primeira parte de "The Walking Dead" não agradou nos bastidores

De acordo com Lucraft, “todos sabem o final do ditado” utilizado por Negan e o gráfico da camiseta remete à agressões contra negros nos Estados Unidos. “É uma ofensa racista explícita”, disse o homem que fez a acusação. A rede Primark retirou o produto das suas lojas depois das críticas e acusações de racismo.

Resposta

Muitos fãs da série ressaltaram que a versão dita por Negan diz “catch a tigger by his toe” (“pegue um tigre pela pata”, em tradução livre), contrariando a teoria crítica de Ian Lucraft. O ator Jeffrey Dean Morgan que interpreta o tirano Negan se prenunciou sobre o caso em sua conta do twitter:

Leia mais: "The Walking Dead" puxa fila dos melhores teasers do Super Bowl


“Caramba, pessoas são burras. Uma camiseta do ‘Walking Dead’ foi retirada das lojas depois de uma reclamação de racismo” disse o ator na publicação, criticando a postura de quem enxergou significado racista no produto. Um representante da Primark se defendeu dizendo que a camiseta era licenciada da série “ The Walking Dead ” e pediu desculpas se o conteúdo foi ofensivo para alguém, embora a citação tenha vindo diretamente do personagem e não tivessem a intenção de causar polêmica.

    Leia tudo sobre: The Walking Dead