Livro de contos de professor da Unicamp fala sobre os “desencontros” que acontecem no eixo Rio/SP
Divulgação
Livro de contos de professor da Unicamp fala sobre os “desencontros” que acontecem no eixo Rio/SP


Versado em escrever e ensinar Ecologia, o professor titular da UNICAMP Paulo S. Oliveira transcende barreiras e lança, em evento na Associação dos Docentes da universidade, seu primeiro livro de contos: “O Amor Urbano: Histórias do Rio e de Sampa” . A obra traz uma faceta criativa de alguém hábil com as palavras, mas que até então se restringia a usá-las em prol da Biologia.


A obra, publicada pela editora Telha, traz dez histórias de encontros e desencontros em cenários diversos do Rio e de Sampa – palcos mais que bem escolhidos para um amor urbano. “O Amor Urbano” conta histórias do dia a dia da gente na cidade grande.

As pessoas se encontram no café, no bar, na banca de jornal, na praia, na gafieira, no trabalho, na farmácia, na garagem do prédio, na academia – e a vida delas muda a partir destes encontros. Há descobertas, romance, paixão e sexo… e também desencontros, traição, mágoas e ódio. Amor e desamor, desejos, fogo e sexo envolvem personagens em cenários diversos do Rio e de Sampa – as belas ilustrações realçam a leitura.

As histórias incluem temas e contextos variados, tais como assédio sexual no trabalho, bissexualidade, homossexualidade, racismo, violência urbana, violência doméstica, prostituição masculina e feminina, alcoolismo, adoção infantil, psicoterapia. Cumplicidade e amor, conflitos e desencontros – nosso cotidiano à flor da pele.

Os contos de “O Amor Urbano” se passam em bairros pobres, de classe média e de classe alta do Rio e de São Paulo, com passagens por Miami, Toulouse, Barcelona e Nova Iorque. Embora todas as histórias tenham personagens masculinos e femininos, o protagonismo é das mulheres.

“O Amor Urbano” é definitivamente um compilado de tudo de melhor, pior e mais inusitado que podemos esperar de encontros e desencontros em grandes metrópoles.

Para pautas e demais sugestões: colunaquartacapa@gmail.com

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!